Atvos é premiada por projeto que promove educação, diversidade e inclusão de PcDs no mercado de trabalho

 

Atvos é premiada por projeto que promove educação, diversidade e inclusão de PcDs no mercado de trabalho

Atvos é premiada por projeto que promove educação, diversidade e inclusão de PcDs no mercado de trabalho

Companhia foi reconhecida no 13º Prêmio Baldur Oscar Schubert pela atuação para capacitação profissional gratuita de Pessoas com Deficiência nos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul

Atvos é premiada por projeto que promove educação, diversidade e inclusão de PcDs no mercado de trabalho
Transformando Vidas com Diversidade

A Atvos, uma das maiores produtoras de biocombustíveis do Brasil, venceu o 13º Prêmio Oscar Schubert Gestão do Absenteísmo e Reabilitação Profissional, na categoria Empresas Privadas. O reconhecimento foi alcançando graças ao desenvolvimento do projeto “Transformando Vidas com Diversidade”, que vem democratizando cada vez mais o acesso de Pessoas com Deficiência, moradoras das comunidades localizadas no entorno das operações da companhia, a ações inclusivas de educação e ao mercado de trabalho em geral.

Dentre as principais iniciativas desenvolvidas pela empresa, destaca-se a capacitação gratuita de duas turmas de jovens aprendizes compostas exclusivamente por PcDs nas cidades de Mirante do Paranapanema (SP) e Rio Brilhante (MS). No Oeste Paulista, 11 alunos do curso de almoxarife passaram por 800 horas de aulas teóricas e práticas, em uma ação conduzida em parceria com o SENAI, prefeitura local e Diretoria Regional de Ensino. Já no município sul-mato-grossense, e com apoio da Faculdade de Tecnologia e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Estado (FATEC SENAI/MS), 10 jovens aprendizes receberam qualificação como assistentes administrativos.

Atualmente, em Glória de Dourados, também em Mato Grosso do Sul, está em andamento uma terceira turma de jovens aprendizes composta por 16 jovens que finalizarão os módulos teórico e prático até o fim de 2024. E o objetivo central do programa não é apenas capacitá-los para que possam atuar no setor sucroenergético, mas, sim, no agronegócio ou em qualquer outro segmento, abrindo portas que até então estavam fechadas pela ausência de um certificado profissional.

“Esse é o reconhecimento de um trabalho bem estruturado e que tem feito a diferença para transformar vidas e tornar o mundo um lugar cada vez mais plural e inclusivo. Além disso, confirma que estamos no caminho certo para promover a educação e incentivar o empoderamento e a valorização dos PcDs no setor sucroenergético para transformá-lo em um segmento cada vez mais plural”, afirma Kelly Parpinelligerente de Desenvolvimento de Pessoas da Atvos.

As turmas de capacitação de PcDs fazem parte do Movimento Comunidade, uma academia temática que integra o MOVA – Modelo Vivo de Aprendizagem da Atvos. O principal propósito da iniciativa é incentivar novos caminhos em direção ao desenvolvimento pessoal e profissional dos colaboradores e das comunidades localizadas no entorno das oito operações da companhia em Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e São Paulo.

 

Deixe seu comentario

Ultimas Noticias

ACCIONA Brasil celebra ação global de voluntariado com foco em sustentabilidade Os voluntários da empresa promoveram atividades lúdicas para 460 estudantes dos bairros da
Categorias

Fique por dentro das novidades

Inscreva-se para receber novidades em seu Email, fique tranquilo que não enviamos spam!

Deixe seu Email para acompanhar as novidades 

Solicitar maiores informações

Preencha as informações abaixo e entre em contato com o anúnciante!