Tel:11 - 4604-8046 | E-Mail: atendimento@eaemaq.com.br

Notícias do Mercado Dica técnica Canavicultor revela 5 decisões que alavancaram sua rentabilidade

Canavicultor revela 5 decisões que alavancaram sua rentabilidade

-

- Advertisement -
- Advertisement -

Entre suas apostas está a substituição do nitrogênio mineral por solução que estimula a fixação biológica do nitrogênio e aumenta a produtividade.


Por que fazer o mesmo, se posso fazer melhor? Esse foi o pensamento que levou o canavicultor Celso Torquato Junqueira Franco a revolucionar o manejo nas Fazendas Barreiro e Diamante, na região de Morro Agudo, SP. Ao adotar práticas inovadoras na sua produção de cana-de-açúcar, que há anos não estava sendo rentável, o produtor reverteu a situação e atualmente figura entre as referências em produtividade em sua região.
Celso assumiu a administração das propriedades em 2014, depois de décadas sob os cuidados da família, que iniciou a cultura de cana em 1963. “Há 6 anos, meu pai me chamou e disse que estava pensando em arrendar as terras para a usina. Eu decidi acompanhar de perto o que estava acontecendo”, relata.
De frente com o desafio, Celso pesquisou as melhores práticas e tecnologias e lançou mão de 5 decisões que alavancaram sua rentabilidade, passando de uma média de 11,5 TAh para mais de 15 TAh. Confira quais foram as decisões:

1 – Sistematização garante mais assertividade no manejo
O primeiro aspecto que prejudicava a produtividade vinha em decorrência dos danos gerados pela mecanização mal planejada, como pisoteio das linhas de cana. Por isso, a primeira decisão foi investir na sistematização dos talhões, definindo as linhas, a dimensão de cada uma delas e o percursos das máquinas.
“Hoje, dentro do nosso protocolo, utilizamos de técnicas de georreferenciamento de área e sistematização de plantio. Com isso, temos um desenho dos talhões que permite o melhor aproveitamento da área e reduzimos manobras na operação e garantimos que não haja pisoteio”, explica o canavicultor.

2 – Boas condições de solo fazem a diferença
O solo está dando condições para que a planta possa produzir? Com esse questionamento, Celso concluiu que o solo não estava sendo tratado adequadamente. Apesar de adotar rotação de culturas com o plantio de soja a cada reforma, havia muito a melhorar.
“A regra, então passou a ser: quanto menos mexer com a terra, melhor. Fomos experimentando práticas e hoje adotamos o plantio direto na palha, que oferece melhores resultados, preserva a temperatura e umidade do solo entre outros fatores”.

3 – Meiosi e Cantosi otimizam o plantio
A sistematização gerou outra boa decisão ao canavial do Celso: a implantação dos sistemas de meiosi e cantosi, que otimizam a área plantada, reduzindo custos com as reformas. Além disso, a produção de culturas intercalares, como soja, que minimizam o custo de produção e contribuem com a qualidade do solo.
“Plantar em meiosi ou cantosi, é mais investimento envolvido, pelo menos R$1.000 a mais por hectare em média. Só que a gente colhe R$3 mil a mais por hectare. É uma estratégia que dá mais trabalho, mas é muito mais interessante”, salienta.

4 – Micronutrientes para aumento de produtividade
Com as etapas de plantio e manejo do solo concluídas, chegou a vez de cuidar da nutrição para que as plantas possam expressar o máximo potencial produtivo. Nessa etapa, Celso implementou protocolos de nutrição foliar com micronutrientes, adotando produtos para cada etapa da safra, do plantio à pós colheita.
Entre as soluções nutricionais utilizadas, uma inovação é a aplicação do BVI, solução desenvolvida pela EUROFORTE que traz inovações tanto no modo de ação do produto, como em sua aplicação. O resultado é maior produtividade e simplificação de operações.
O BVI é uma solução nutritiva rica em micronutrientes e enriquecida com a tecnologia CICLOHEPTOSE, que melhora a penetração dos ativos na planta, estimula seu metabolismo, reduz a perda de perfilhos, promove ganhos significativos em TCH e aumenta o brix do caldo.
A aplicação em Baixo Volume Integral, método de aplicação exclusivo da EUROFORTE, é um atrativo a mais para o produtor: o produto vem em calda pronta e simplifica as operações no campo, garante a dose correta de aplicação, reduz a mão-de-obra, economiza água e embalagens.
A primeira aplicação de BVI foi feita em uma área experimental de 27 hectares: “Avaliamos os primeiros resultados e tivemos aumento de 11,5 TCH em relação às safras anteriores. No ano seguinte, aplicamos o BVI em área total, com 1.100 hectares, que trouxe um grande diferencial de ATR na colheita. Nossa avaliação com a usina subiu muito, com mais ATR do que a gente vinha performando. A nutrição interferiu nessa qualidade”, afirma.

5 – Eliminação da aplicação do Nitrogênio Mineral
Há 3 anos o Celso conheceu o BVBOOSTER, produto desenvolvido pela EUROFORTE que potencializa a Fixação Biológica de Nitrogênio e substitui a aplicação de nitrogênio mineral na cana. Além da vantagem ambiental, pela redução da emissão de gás carbônico na atmosfera, o produto gera economia com as adubações nitrogenadas e traz ganhos em produtividade.
“Em 2018 testei em 20 hectares na expectativa de ter um empate em produtividade, já que teria uma grande vantagem em redução de custos e impacto ambiental, tendo em vista o Renovabio. Para nossa surpresa, o teste gerou um resultado positivo em produtividade. O ano passado expandimos a aplicação em 415 hectares em áreas diferentes e os resultados continuaram sendo positivos. Ainda temos pequenas áreas de nitrogênio para fazer a comparação, mas estamos aguardando ansiosos a colheita para analisar e comprovar a sustentabilidade”, avalia o canavicultor.

Resultados comprovados
Em 2014, a produtividade média nas Fazendas Barreiro e Diamante era de 11,5 TAh, insuficiente para justificar todos os custos. Em 2017 os primeiros resultados começaram a aparecer e serviam de incentivo para melhorar o protocolo adotado pelo canavicultor. A partir de 2018, o TAh chegou a 15.
“2019 foi o ano da glória, em que tudo deu certo e todos os investimentos que fizemos ao longo dos anos, se juntaram e fecharam um sistema completo. Chegamos à marca de 16.8 TAh e o nosso normal, que era de 1 ou 2 quilos de ATR a mais que a usina, chegou a 8 quilos”.
Os resultados extraordinários estão motivando o produtor a melhorar ainda mais o protocolo: “A gente não quer ganhar todas, a gente quer perder menos. Continuamos confrontando o protocolo com novas opções, conscientes de que tudo é tentativa e erro para a gente aprender e melhorar. É muito prático fazer todo ano a mesma coisa, mas não há mudança. A gente quer melhorar. Mas de forma responsável”, enfatiza.

Tome essa decisão
Pensar diferente dos padrões é essencial para o desenvolvimento do setor sucroenergético e para o agronegócio como um todo. E levar inovações para aumentar a rentabilidade no campo é um compromisso da EUROFORTE, que inova a cada dia para oferecer ao produtor, soluções exclusivas para a nutrição avançada de plantas, garantindo lavoura com resultados extraordinários, como a do Celso.
A EUROFORTE possui um portfólio completo de soluções para todos os ciclos da cana. O BVBOOSTER é a solução em calda pronta que estimula a fixação biológica do nitrogênio através do nutribiótico BIOAMAC, eliminando a necessidade de aplicação de nitrogênio mineral. Desenvolvido pela EUROFORTE, o produto tem resultados comprovados nas últimas 5 safras, promove ganhos em sustentabilidade, pela redução da emissão de gases, aumenta a produtividade, gera ganhos em Toneladas de Cana por Hectares, e assim, resulta em aumento na rentabilidade, já que traz economia financeira reduzindo custos em aproximadamente 30%, por substituir as adubações nitrogenadas.
Conheça nossas soluções e tome essa decisão pela sua produção. A pesquisa aprova, e você comprova a efetividade da EUROFORTE.

(Fonte:Assessoria de imprensa)

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas noticias

FPT INDUSTRIAL EQUIPA O TRATOR SUSTENTÁVEL DO ANO 2021 NA EUROPA

CLAAS Axion 960 CEMOS conta com o design compacto, excelente resposta, baixo consumo de combustível, robustez e confiabilidade do...

Sotreq Seminovos amplia ofertas de compra e venda com novos canais digitais

Conheça o novo portal exclusivo e os canais nas redes sociais criados especialmente para os clientes deste segmento do...

Secretaria de Agricultura e Abastecimento de SP dá dicas de como montar um jardim sensorial

Espaço proporciona contato com a natureza e estímulo da visão, tato, olfato, paladar e audição. A Secretaria de Agricultura e...

VWFS Brasil viabiliza R$ 100 milhões em operação para transporte de gás natural de forma sustentável

Na primeira transação do ano, empresa facilita financiamento para transporte de gás natural, em Roraima, atuando nas duas pontas...
Anterior
Próximo

A fauna como bioindicador de qualidade ambiental

Monitoramento em áreas restauradas na Zona da Mata Mineira capta presença de diversas espécies de animais e mostra o...

Mais de 500 hectares reflorestados em 2020 pela MRN

O trabalho foi recorde em reflorestamento, envolvendo o plantio de mudas do viveiro florestal da empresa e sementes adquiridas...

Mais Lidas

FPT INDUSTRIAL EQUIPA O TRATOR SUSTENTÁVEL DO ANO 2021 NA EUROPA

CLAAS Axion 960 CEMOS conta com o design compacto,...

Você também pode gostar deRELATED
Recomendamos para você