Sojicultor ganha nova ferramenta para o controle da podridão dos grãos e quebramento das hastes

Sojicultor ganha nova ferramenta para o controle da podridão dos grãos e quebramento das hastes

Sojicultor ganha nova ferramenta para o controle da podridão dos grãos e quebramento das hastes

Doenças vem prejudicando a produtividade da soja nas últimas safras no Cerrado e se espalhando por todas as regiões produtoras da oleaginosa; fungicida Vessarya®, da Corteva Agriscience teve bula estendida e oferece um manejo ainda mais completo para as anomalias

O Brasil é o maior produtor de soja. O cultivo da oleaginosa está concentrado em diversas regiões, principalmente, no Cerrado e no Sul do país. Junto com a expansão da cultura, vem com ela alguns problemas que desafiam a sua produtividade. Nas últimas safras, duas doenças têm aumentado significativamente: podridão dos grãos e quebramento das hastes. Para o controle das anomalias, a recomendação de manejo é a utilização correta do fungicida. Para auxiliar os sojicultores neste desafio, a Corteva Agriscience conquistou a extensão de bula do Vessarya®, fungicida com a tecnologia OnmiraTM Active, que protege as plantas e traz resultados melhores no controle às doenças da cultura.

Sojicultor ganha nova ferramenta para o controle da podridão dos grãos e quebramento das hastes

“As incidências de podridão dos grãos da soja e quebra das hastes da planta têm aumentado significativamente nos últimos anos. A podridão de grãos foi identificada nas lavouras brasileiras na safra 2019/20. Na temporada seguinte, foi observada a expansão da doença com danos significativos para a produtividade, principalmente no Mato Grosso. Já o quebramento de haste tornou-se um problema mais avançado a partir da safra 2020/2021. Nesta temporada, as anomalias também estão sendo observadas em diversas regiões do Brasil, de Norte a Sul”, explica Marcus Fiorini, líder de Fungicidas da Corteva Agriscience para o Brasil e Paraguai.

Podridão dos grãos

 A podridão dos grãos e das vagens podem ocorrer por diversos fatores, como o genético. Quando as cultivares apresentam diferentes níveis de suscetibilidade. Outro ponto é o clima, já que a maior ocorrência de chuvas, dependendo da fase da cultura, pode favorecer o aparecimento de sintomas. “Os sintomas ficam mais evidentes no período de enchimento dos grãos. Externamente, as vagens podem apresentar encharcamento e ou escurecimento, sem abertura visível e, internamente, apresentam apodrecimento dos grãos. Com a doença, os fungos mais presentes na planta são: Diaporthe phaseolorum var. sojae, Fusarium semitectum, Colletotrichum truncatum, e Phomopsis sojae. Para o controle, a aplicação de fungicidas tem auxiliado na diminuição dos prejuízos causados pela podridão de vagens e grãos da soja”, observa Fiorini.

Quebramento das hastes

 O quebramento de haste da soja é um problema recorrente na cultura, relatado há décadas no Brasil. Ocorre, geralmente, a partir do período de pré-fechamento das entrelinhas de semeadura, podendo ser visualizado somente após o início da formação de grãos. É caracterizado pela maior fragilidade de sustentação da planta na base da haste, próximo ao nó cotiledonar.

“Com o quebramento da planta, aparecem estrias necróticas nas hastes. Elas também podem ser encontradas em regiões superiores das plantas ou até mesmo em pés de soja sem quebramento e se tornam porta de entrada para os fungos, causando ou potencializando o quebramento de hastes”, aponta Fiorini.

Manejo para as doenças da soja pode aumentar produção em até 18 sacas por hectare

 Em estudos conduzidos pela Corteva, demonstraram que a aplicação de fungicidas tem auxiliado na diminuição dos prejuízos causados pela podridão de vagens e grãos da soja. Em ensaio realizado em Lucas do Rio Verde, no Mato Grosso, na safra 2022/23, tratamento com Vessarya® produziu 18 sacas por hectare (scs/ha) a mais em relação ao tratamento testemunha. “Outro destaque foi que o fungicida da Corteva aumentou em 27% a quantidade de vagens sem danos, além de proteger, acima de 50%, as vagens, se comparado ao tratamento testemunha”, diz Fiorini.

Vessarya® já integra o portfólio de Manejo Campeão da Soja, da Corteva. Agora, com a extensão de bula para podridão dos grãos e quebramento das hastes, torna-se ainda mais completo, contemplando a ampla maioria das doenças que afetam o sojicultor no final do ciclo da cultura. O produto dispensa o uso de óleo nas aplicações, além de possuir alta sistemicidade e efeito translaminar, trazendo melhor absorção e menor risco de lavagem pelas chuvas. O fungicida, além de conter o Benzovindiflupir, traz a tecnologia OnmiraTM Active, protegendo as plantas e trazendo resultados melhores no controle das doenças da soja.

Além da podridão dos grãos e quebramento das hates, Vessarya® é eficiente no controle à ferrugem asiática, antracnose, oídio, cercospora e outros patógenos comuns à cultura.

 

 

Deixe seu comentario

Ultimas Noticias

Ferrovia de MT é responsável por 62,1% do saldo de empregos em infraestrutura no estado no 1º tri de 2024
Ferrovia de MT é responsável por 62,1% do saldo de empregos em infraestrutura no estado no 1º tri de 2024 Ao todo, o saldo
Categorias

Fique por dentro das novidades

Inscreva-se para receber novidades em seu Email, fique tranquilo que não enviamos spam!

Deixe seu Email para acompanhar as novidades 

Solicitar maiores informações

Preencha as informações abaixo e entre em contato com o anúnciante!