Tramontina amplia oferta de serviços de injeção de peças em alumínio

Divisão Tecnopeças da Tramontina passa a ofertar peças injetadas em alumínio maiores e com maior grau de complexidade ou extremamente técnicas, para indústrias, sistemistas e outras empresas.

Tecnopeças, divisão da fábrica de materiais elétricos da Tramontinaexpande sua capacidade de produção com a oferta de peças injetadas em alumínio de grandes dimensões e com maior grau de complexidade – ou extremamente técnicas, para atender vários segmentos industriais – elétrico, automotivo/sistemista, duas rodas, agrícola, linha branca e da construção de máquinas

Os projetos, feitos sob encomenda, incluem desde o processo produtivo – com desenvolvimento do ferramental – até os equipamentos necessários para produção e testes de qualidade de cada componente. A equipe técnica da Tramontina atua junto ao cliente, propondo melhorias na qualidade – que resultam na redução de custos e ganho de qualidade. 

Com a produção de peças injetadas em alumínio desenvolvidas sob encomenda, a Tramontina tem expectativa de atender um maior número de projetos especiais que requerem precisão, agilidade e competitividade. A empresa tem expertise para atender clientes que buscam parcerias de longo prazo, em busca de resultados positivos ao final da operação. 

Qualidade certificadaCriada em 2000, a divisão Tecnopeças da Tramontina é reconhecida pelo fornecimento de peças injetadas em alumínio, sob encomenda, para diversos segmentos industriais. Dispõe de um conjunto de tecnologias e competências para atender às complexas especificações dimensionais, de resistência mecânica e qualidade dos projetos. Em 1995, implementou em sua estrutura produtiva a Gestão da Qualidade com certificação na norma ISO 9001 e, recentemente, conquistou a certificação do Sistema de Gestão da Qualidade Automotiva conforme norma IATF 16949:2016. 

Com matrizaria própria, a fábrica conta com laboratórios e equipamentos de última geração, entre eles, o tridimensional – realiza medições tridimensionais por meio de coordenadas -, o espectrômetro de medição ótica – analisa a composição química das matérias-primas, e o Magma Soft Flow – simula o processo de injeção sob pressão, possibilitando ajustes no projeto do ferramental. Destaca-se ainda o setor de usinagem, que entrega peças usinadas com precisão. 

(Fonte:Assessoria de imprensa)

Deixe seu comentario

Ultimas Noticias

Agrobrasília 2024 contará com a participação de dez unidades da Embrapa
Agrobrasília 2024 contará com a participação de dez unidades da Embrapa De 21 a 25 de maio será realizada a edição 2024 da Agrobrasília – a
Categorias

Fique por dentro das novidades

Inscreva-se para receber novidades em seu Email, fique tranquilo que não enviamos spam!

Deixe seu Email para acompanhar as novidades 

Solicitar maiores informações

Preencha as informações abaixo e entre em contato com o anúnciante!