Alinhada às tendências da Indústria 4.0, Caltec oferece novo serviço para clientes do setor sucroenergético

Alinhada às tendências da Indústria 4.0, Caltec oferece novo serviço para clientes do setor sucroenergético

Alinhada às tendências da Indústria 4.0, Caltec oferece novo serviço para clientes do setor sucroenergético

Indústria é a única a disponibilizar modelo que reúne oferta de serviço e matéria prima para serem usados no processamento da cana de açúcar

 Amplamente usado por setores ligados à tecnologia, o “Software as a Service” (SaaS ) ganhou uma versão para as indústrias 4.0 com o “Asset as a Service” (AaaS) ou a conversão de ativos em serviços. O modelo está em fase de expansão nas empresas do setor sucroenergético e começa a ser usado também por indústrias de diferentes segmentos. Alinhado a macrotendências como a economia compartilhada, o modelo tem, entre outros objetivos, antecipar as necessidades dos clientes.

O AaaS apresenta uma série de benefícios ao enxergar os ativos como serviços, sendo que uma delas é a transformação do CAPEX (despesas de capital) em Opex (despesas operacionais), impactando diretamente em um balanço patrimonial mais enxuto. Nos EUA, por exemplo, empresas com poucos ativos PPE (Propriedades, plantas e equipamentos), tiveram suas ações nas bolsas americanas dobrando de valor, em comparação às empresas com muitos ativos.

Unindo toda a experiência no fornecimento de insumos com a oferta de serviço, a Caltec entrou de vez no modelo “Asset as a Service ” para atender usinas de açúcar e álcool, caminhando em direção à indústria 4.0. A empresa, que estreou no mercado sucroalcooleiro há mais de duas décadas com o lançamento da Clarisina®, usada no processo de tratamento do caldo de cana, passou a oferecer um reator que potencializa o uso do produto, criando, assim, o sistema Hidratec-Clarisina (SHC).

O Hidratec® é um reator que é cedido em comodato às usinas que compram o insumo, se enquadrando no modelo “Asset as a Service”, que também apresenta como benefício a liberação da necessidade definitiva de compra do equipamento, substituindo o investimento necessário à posse. Entre outras vantagens, o uso do reator contribui para a redução de incrustações durante o processo e o aumento na recuperação do açúcar. Sua tecnologia promove a ativação da Clarisina® dentro dos parâmetros ideais, gerando um ganho na eficiência operacional de até 30%. Atualmente mais de 50% do volume de cana processada no Brasil tem o caldo tratado pelo SHC, sendo adotado por 120 usinas de açúcar, de um total de cerca de 300 unidades existentes no Brasil.

Atendendo uma das características primordiais do “Asset as a service” (AaaS), a da essência tecnológica da oferta sob a demanda, ao adquirir o sistema, a Caltec disponibiliza uma equipe técnica que fará, inicialmente, a customização, com o dimensionamento do equipamento necessário de acordo com a demanda. Após a instalação, uma equipe técnica permanece no local por uma semana oferecendo todo o suporte para o uso adequado dos reatores. Além disso, semestralmente os equipamentos passam por uma bateria de revisões para garantir que o funcionamento aconteça sem qualquer intercorrência, uma solução ágil e descomplicada que evita a obsolescência de equipamentos e mantém os parques fabris atualizados.

Outra vantagem do modelo “Asset as a Service” adotada pela Caltec é a garantia da segurança no fornecimento do insumo, regulando os estoques na fábrica e para os clientes; pontualidade na entrega, com programação antecipada e rastreamento on-line da carga; atendimento 24 horas e embalagem diferenciada segura e livre de contaminação cruzada.

Saiba mais sobre a Caltec

A Caltec é líder no fornecimento de magnésio reativo para usinas de cana de açúcar e para o agronegócio. Atua no fornecimento de insumos e serviços para diversos setores da indústria de base, como termelétricas, indústrias cerâmicas e siderúrgicas.

Com reservas minerais de mais de 500 milhões de toneladas e características únicas, o Grupo Caltec possui um parque industrial que movimenta mais de 1,5 milhão de toneladas anuais entre matérias-primas e produtos. A partir da adequação de suas atividades às atuais exigências de sustentabilidade e utilizando fontes renováveis, conquistou a autossuficiência energética.

Mais informações em: https://caltec.com.br/

 

Deixe seu comentario

Ultimas Noticias

Massey Ferguson lança websérie sobre fenação Feno e Ação aborda as diferenças e benefícios da produção de fardos de feno e de pré-secado, com
Categorias

Fique por dentro das novidades

Inscreva-se para receber novidades em seu Email, fique tranquilo que não enviamos spam!

Deixe seu Email para acompanhar as novidades 

Solicitar maiores informações

Preencha as informações abaixo e entre em contato com o anúnciante!