Apesar de ser maioria no agronegócio Brasil, agricultura familiar sofre desafios…

Apesar de ser maioria no agronegócio Brasil, agricultura familiar sofre desafios, como a baixa renda dos trabalhadores

Apesar de ser maioria no agronegócio Brasil, agricultura familiar sofre desafios, como a baixa renda dos trabalhadores

  • Evento dia 24.01 em Medianeira irá mostrar como a tecnologia pode auxiliar no desenvolvimento destes profissionais
  • Problema gera depreciação da cultura, condições precárias de moradia, envelhecimento dos agricultores com pouca ou nenhuma assistência médica hospitalar

O Anuário Estatístico da Agricultura Familiar 2023, divulgado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) em parceria com o Dieese, revelou que, se todos os agricultores familiares do Brasil formassem um país, este seria o oitavo maior produtor de alimentos do mundo. Sendo responsável por 77% de todos os estabelecimentos agrícolas no país, a agricultura familiar ocupa 23% da área total, sendo a principal fonte de abastecimento do mercado interno. Todo esse potencial equivale a 80,8 milhões de hectares.

No entanto, nem tudo são flores neste segmento. Como estamos falando de um público com baixa escolaridade e renda reduzida, geralmente, que lida com alto custo de insumos e dificuldade para estabelecer preços, as consequências são: depreciação da cultura, condições precárias de moradia e envelhecimento dos agricultores com pouca ou nenhuma assistência médica hospitalar.

Uma das saídas para reverter esse cenário está na tecnologia. Assim nasceu a startup Laços do Agro, há dois anos. Sua missão era proporcionar uma comunicação eficiente entre produtores rurais, cooperativas e o mercado. Deu certo! Quem explica melhor é Leandro Scalabrin, idealizador da iniciativa: “Surgimos com uma solução que integra sistemas e pessoas. Isso faz com que os agricultores tenham fácil acesso a relatórios precisos e confiáveis. O resultado são decisões mais assertivas e inteligentes, a partir da junção da comunicação com a informação, um dos pilares para o sucesso de qualquer negócio”, explica ele, que acumula mais de 20 anos de experiência no ramo.

E, para mostrar na prática como a tecnologia pode alavancar esse processo de comunicação, será promovido, no dia 24 de janeiro, o evento “Colheita de Oportunidades”.

Realizada pela Laços do Agro Familiar em sua sede, a partir das 10 horas, em Medianeira, no Paraná, a atividade contribuirá para a troca de experiências e a disseminação de assuntos que auxiliem no dia a dia dos agricultores familiares. Quem ficará a cargo de transmitir tais conhecimentos será a especialista no assunto Edirce Ana Vogt, mestre em desenvolvimento rural sustentável e professora da UDC Medianeira.

Na oportunidade, os participantes receberão noções e técnicas para impulsionar suas vendas, na prática. Também irão aprender a explorar as redes sociais e mais sobre parcerias que os incentivaram a curto, médio e longo prazo.

Outro destaque será o ensinamento de como agregar valor aos produtos e destacar-se no mercado local, tendo o aplicativo “Laços do Agro” como uma ferramenta essencial para o sucesso.

Os interessados em participar podem fazer a inscrição pelo site http://lacosdoagro.rds.land/evento-lacos-do-agro.

Serviço:

Evento: Colheita de Oportunidades, da Laços do Agro Familiar.

Data: 24 de janeiro de 2024, quarta-feira.

Horário: 10 horas.

Local: sede da Laços do Agro.

Endereço: Rua Beija-Flor, 2431 – Medianeira/Paraná.

Inscrições: http://lacosdoagro.rds.land/evento-lacos-do-agro.

Deixe seu comentario

Ultimas Noticias

Agrobrasília 2024 contará com a participação de dez unidades da Embrapa
Agrobrasília 2024 contará com a participação de dez unidades da Embrapa De 21 a 25 de maio será realizada a edição 2024 da Agrobrasília – a
Categorias

Fique por dentro das novidades

Inscreva-se para receber novidades em seu Email, fique tranquilo que não enviamos spam!

Deixe seu Email para acompanhar as novidades 

Solicitar maiores informações

Preencha as informações abaixo e entre em contato com o anúnciante!