BioAS: Embrapa abre nova oportunidade de parceria com laboratórios

BioAS: Embrapa abre nova oportunidade de parceria com laboratórios

BioAS: Embrapa abre nova oportunidade de parceria com laboratórios

Está aberto o prazo para que empresas e organizações cuja atividade contemple a prestação de serviços de rotina de análises laboratoriais para fins agronômicos e/ou ambientais se candidatem a ingressar na Rede Embrapa BioAS. As inscrições começaram nesta segunda (3) e seguem abertas até o dia 16 de junho.

As informações completas do Convite Público nº 01/2024, divulgado no último dia 29, estão disponíveis em www.embrapa.br/cerrados/licitacoes. A instituição cuja inscrição for homologada assinará um acordo de confidencialidade para que possa continuar participando do processo. Atualmente, já fazem parte da rede 32 laboratórios de todas as regiões do Brasil.

A habilitação prevê treinamento teórico e prático a distância, para melhor atender todos os interessados. De forma simultânea às etapas de capacitação técnica dos laboratórios, há ainda um processo de interação que visa à habilitação em termos dos fundamentos do negócio e estabelecimento dos contratos. O último convite público para o estabelecimento de parcerias com a finalidade de exploração comercial e desenvolvimento da Tecnologia BioAS foi aberto em março de 2021.

A tecnologia – a tecnologia de bioanálise foi desenvolvida pela Embrapa e agrega o componente biológico às análises de rotina de solos. Consiste na análise de duas enzimas (beta-glicosidase e arilsulfatase) que estão relacionadas ao potencial produtivo e à sustentabilidade do uso do solo. Elas estão associadas, respectivamente, aos ciclos do carbono e do enxofre e funcionam como bioindicadores da saúde do solo. Quantidades elevadas desses bioindicadores indicam sistemas de produção ou práticas de manejo do solo adequadas e sustentáveis. Por outro lado, valores baixos servem de alerta para o agricultor reavaliar o sistema de produção e adotar boas práticas de manejo.

Uma das principais vantagens da tecnologia, segundo os especialistas, é justamente antecipar mudanças, positivas ou negativas, que estejam ocorrendo na matéria orgânica do solo em função do manejo adotado na propriedade. Isso ocorre porque os bioindicadores são mais sensíveis que os indicadores químicos e físicos. Além disso, as alterações nas comunidades microbianas podem ser detectadas com mais rapidez. “A bioanálise é como se fosse um exame de sangue do solo que nos permite antecipar problemas de saúde que até então eram assintomáticos”, explica a pesquisadora da Embrapa Cerrados, Ieda Mendes, líder do projeto Bioindicadores.

Laboratórios habilitados – a Tecnologia BioAS, que envolve a bioanálise básica e a completa, está disponível para o agricultor brasileiro desde julho de 2020. Os laboratórios que participam da rede se conectam aos servidores da Embrapa por meio de um sistema denominado Módulo de Interpretação da Qualidade do Solo, que envolve inclusive o cálculo de índices de Qualidade de Solo (IQS). Os IQS são calculados com base nas propriedades químicas e biológicas em conjunto (IQSFertbio) e separadamente (IQSBiológico e IQSQuímico). O cálculo do IQSBiológico representa a BioAS básica, onde também é fornecida a função de ciclagem de nutrientes do solo. A BioAS completa é expressa pelo IQSBiológico, o IQSQuímico e o IQSFertBio, além das funções de ciclagem, suprimento e armazenamento de nutrientes do solo.

Os parâmetros de referência e tabelas de indicadores envolvidos na Tecnologia BioAS são atualizados sistematicamente, com base na rede de experimentos da Embrapa de calibração e desenvolvimento dessa tecnologia. Com isso, os clientes dos laboratórios sempre terão laudos contendo resultados com interpretação atualizada pela Embrapa, safra a safra. A tecnologia está disponível prontamente para solos de Cerrado e do estado do Paraná, especificamente para culturas anuais (grãos e fibras), sendo que novas áreas/biomas, bem como culturas, serão contemplados progressivamente.

Acesse aqui o edital do Convite Público
Acesse aqui mais informações sobre a tecnologia e a lista dos laboratórios já habilitados

 

 

Deixe seu comentario

Ultimas Noticias

Ferrovia de MT é responsável por 62,1% do saldo de empregos em infraestrutura no estado no 1º tri de 2024
Ferrovia de MT é responsável por 62,1% do saldo de empregos em infraestrutura no estado no 1º tri de 2024 Ao todo, o saldo
Categorias

Fique por dentro das novidades

Inscreva-se para receber novidades em seu Email, fique tranquilo que não enviamos spam!

Deixe seu Email para acompanhar as novidades 

Solicitar maiores informações

Preencha as informações abaixo e entre em contato com o anúnciante!