Tel:11 - 4604-8046 | E-Mail: atendimento@eaemaq.com.br

Notícias do Mercado BP Bunge Bioenergia investe em equipes treinadas, tecnologia e...

BP Bunge Bioenergia investe em equipes treinadas, tecnologia e equipamentos para prevenir incêndios

-

- Advertisement -
- Advertisement -

Todas as 11 unidades da companhia possuem monitoramento por imagens de satélite em tempo real.

São Paulo, setembro de 2020 – Prevenir é a melhor atitude quando o tema são os riscos de incêndios, especialmente em épocas de tempo seco, característico do período atual na região Centro-Sul do País, onde estão as 11 unidades agroindustriais da BP Bunge Bioenergia, uma das maiores companhias do Brasil em capacidade de moagem de cana-de-açúcar, com cerca de 28 milhões de toneladas processadas na última safra. É por essa razão que a empresa possui um Programa de Prevenção e Combate a Incêndios pelo qual investe tempo, comprometimento dos times e recursos financeiros para que os riscos de incêndios sejam controlados e extintos.

Tais iniciativas incluem a aquisição e manutenção de equipamentos e materiais, disponibilização, formação, treinamento regular e gestão de equipes locais, promoção de campanhas de prevenção e gestão de sistemas de apoio. Vale destacar que 100% da colheita de cana-de-açúcar da BP Bunge Bioenergia é mecanizada e, por essa razão, a empresa nunca utiliza o fogo no manejo dos canaviais.

“Temos um sistema de monitoramento de incêndios por imagens de satélite, com acompanhamento em tempo real. Dispomos ainda de um projeto piloto na unidade Pedro Afonso, no Estado do Tocantins, onde instalamos torres de observação equipadas com câmeras de alta definição para monitoramento do canavial”, explica Nadia Gama, diretora de HSSE da BP Bunge Bioenergia.

A empresa conta com centenas de brigadistas treinados e dedicados 24 horas ao dia, sete dias por semana, ao trabalho de prevenção e combate a incêndios em seus canaviais e instalações de suas 11 unidades. Dispõe de 108 caminhões pipas, sendo que em três unidades já foram implementados em 100% da frota caminhões equipados com jato de água automatizados, controlados pelo operador por joystick de dentro da cabine do caminhão, o que evita a exposição do brigadista.

“Há estudos que indicam perda do teor de açúcar das plantas queimadas, o que é um prejuízo. Também há a eliminação da palhada com uma queimada. Esse material orgânico é usado na proteção e recomposição do solo, assim como parte da biomassa seria aproveitada na cogeração de energia elétrica. Fica claro que o uso do fogo na cultura da cana-de-açúcar é ruim não só para a sociedade como também para a empresa”, esclarece Nadia Gama.

“Infelizmente, grande parte dos incêndios ainda está associada ao descuido de algumas pessoas que usam fogo para eliminar restos de poda ou lixo, que lançam ‘bitucas’ de cigarro nas beiras de estrada ou ateiam foco nas áreas com a intenção de abrir passagens e vias clandestinas”, acrescenta a executiva.

Prevenção contínua

Em relação aos sistemas de prevenção a incêndios, a companhia possui programas que incluem a classificação e avaliação das áreas de risco. Suas equipes atuam em ações preventivas para evitar a ocorrência de incêndios a partir da limpeza regular de áreas próximas a rodovias, de carreadores e aceiros, entre outras.

Além disso, as unidades dispõem na área agrícola de postos avançados de combate a incêndios com brigadistas de plantão com caminhões pipa e outros equipamentos posicionados em pontos estratégicos prontos para eventuais deslocamentos de emergência.

A BP Bunge promove também campanhas internas e externas sobre o tema para conscientização de seus cerca de 9.000 colaboradores diretos e 4.000 prestadores de serviços terceirizados, além da população das comunidades onde está presente. A empresa atua ainda em parcerias locais com o Corpo de Bombeiros.

Todos os colaboradores dedicados ao trabalho de prevenção e combate a incêndios dispõem de EPIs – Equipamentos de Proteção Individual específicos para o combate ao fogo, como macacões antichamas, máscaras de proteção, sobretudos de bombeiros, assim como máscaras com suprimento de oxigênio, entre outros.

Como você pode fazer a sua parte?

• Não queime lixo ou folhas secas, descarte-o em local apropriado;
• Nunca jogue bitucas de cigarro às margens de rodovias;
• Evite acender fogueiras. Basta uma fagulha para o fogo se alastrar;
• Não solte balões. É crime previsto na lei 9.605/98;
• Descarte vidros e latas da forma correta, sua exposição ao sol ou ao calor em contato com folhas secas pode criar uma chama;
• Cuidado com velas, tochas, lampiões e fogareiros;
• Verifique as instalações elétricas residenciais para evitar curto-circuitos.

Em caso de incêndio na sua região, acione o Corpo de Bombeiros pelo número de emergência 193.

(Fonte:Assessoria de imprensa)

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas noticias

Volkswagen Caminhões e Ônibus lança nova plataforma de fidelidade ALMAX MAIS 2.0

O tradicional e pioneiro programa de fidelidade da linha de Lubrificantes Originais Almax Mais está com uma...

Agronegócio é tema da próxima edição da Oiweek

Realizado em parceria com a SP Ventures, evento debate consumo sustentável...

Casa sobre rodas: sucesso na pandemia

Viagens de motortrailer crescem com a pandemia. Maior fabricante do país, a Apolo...

Hidrovias do Brasil conclui IPO no Novo Mercado da B3

Live com toque de campainha do pregão marcou a oferta pública...
Previous
Next

Husqvarna lança motocultivador com aplicação em aviários

Motocultivador TR262. O TR262 é ideal para o manejo do solo na criação...

Plataforma AgroStart da BASF prorroga inscrições para startups

• AgroStart auxilia as startups a resolverem as principais dores dos agricultores;

Mais Lidas

Você também pode gostar deRELATED
Recomendamos para você