Caminhões de transbordo de 30 toneladas ganham eficiência com pneu Superflot

Caminhões de transbordo de 30 toneladas ganham eficiência com pneu Superflot

Caminhões de transbordo de 30 toneladas ganham eficiência com pneu Superflot

Solução desenvolvida pela Titan Pneus tem performance e durabilidade comprovada em testes realizados em canaviais de importantes usinas sucroenergéticas que possuem este modelo de veículo

As unidades produtoras de cana-de-açúcar da região Centro-Sul do Brasil acabaram de concluir a colheita da safra 2023/24. De acordo com dados da Unica, União da Indústria de Cana-de-Açúcar, foram 654,43 milhões de toneladas processadas, crescimento de 19,29% sobre a temporada 22/23. Esse montante representa recorde histórico na oferta de matéria-prima na região Centro-Sul, principal produtora do país. Para ajudar os canavicultores no ganho ainda maior de eficiência no transporte da colheita, a Titan Pneus, disponibiliza uma solução exclusiva para os caminhões de transbordo de 30 toneladas de eixo trativo, o pneu Superflot.

O modelo que apresentou excelente performance e durabilidade em testes realizados em canaviais de renomadas usinas, é uma alternativa aos tradicionais pneus radiais (medida 560/60R22.5). Estes têm apresentado falhas de resistência neste veículo. Isso porque a colheita de cana-de-açúcar é mais complexa que outras culturas, devido ao seu manejo e exige muito mais resistência dos equipamentos.

A vinhaça, por exemplo, quando cola no pneu dificulta ainda mais a locomoção dos veículos. “Após pesquisas no mercado vimos que os pneus dos outros competidores estavam falhando, e ao mesmo tempo, clientes nossos de grandes usinas insatisfeitos com os pneus radiais, colocaram o nosso Superflot para rodar nesses caminhões de transbordo de 30 toneladas. O resultado foi muito positivo e surpreendente”, disse o gerente de marketing da Titan, William Bossolani.

A solução da Titan (medidas 600/50-22.5), além de mais resistente, mostrou-se também eficiente contra a compactação do solo. Outro ponto importante observado nos testes é que devido a região no talão do pneu ter a alta tecnologia (trash shield), dimensionados para suportar a operação de cana-de-açúcar, eles não apresentaram problema de soltura ou trinca da carcaça, algo que os outros tiveram. “Nosso produto foi projetado para perfeito assentamento na roda, minimizando a entrada de resíduos e garantindo um menor desgaste. Além disso, o custo benefício do Superflot é muito melhor, uma vez que pneus radiais são importados, e custam pelo menos três vezes mais que o nosso”, reforçou Bossolani.

Eficiência comprovada

De acordo com José Luiz Coelho, Gerente de engenharia de campo na Titan, pelo fato do pneu Superflot ser mais baixos que os radiais, criou-se o mito de que ele não teria altura suficiente para o caminhão fazer o transbordo da carga, ou seja, faltaria alguns centímetros para a gaiola poder descarregar a produção. “Fomos a campo, fizemos diversos testes e vimos que isso não é verdade, pois a altura é suficiente”, disse.

Outro mito que se criou foi que poderia causar o problema chamado de “escorrega lateral”. Este refere-se ao deslizamento lateral do caminhão em regiões de topografia mais acidentada, “Essa era uma dúvida, pois temos o desenho de banda de rodagem mais fechado visando a baixa compactação, mas durante os testes também não identificamos tal problema comprovando total qualidade do produto”, detalhou o gerente de engenharia de campo na Titan.

Quanto ao possível detalonamento (nome dado para quando o pneu sai da roda), o Superflot com a robustez do talão muito reforçado aliada a tecnologia trash shield, não apresentou este tipo de ocorrência nos finais de ciclo. “Isso poderia acontecer durante a manobra para fazer o transbordo do implemento para as caixas de transporte dos caminhões que levarão a cana para a moagem na usina, mas, o nosso pneu âncora muito bem na roda e nesses movimentos ele consegue ter alta resistência sem risco de falhas”, finaliza Coelho.

Deixe seu comentario

Ultimas Noticias

Com fábrica de fertilizantes 100% automatizada, BP Bunge projeta ganhos de produtividade e redução de custos Planta inaugurada na unidade Moema (SP) é focada
Categorias

Fique por dentro das novidades

Inscreva-se para receber novidades em seu Email, fique tranquilo que não enviamos spam!

Deixe seu Email para acompanhar as novidades 

Solicitar maiores informações

Preencha as informações abaixo e entre em contato com o anúnciante!