Pesquisar
Close this search box.

CBA e Reservas Votorantim neutralizam emissões de carbono do 29º ENCAFÉ

CBA e Reservas Votorantim neutralizam emissões de carbono do 29º ENCAFÉ

CBA e Reservas Votorantim neutralizam emissões de carbono do 29º ENCAFÉ

Uma parceria entre a CBA – Companhia Brasileira de Alumínio e a ABIC – Associação Brasileira da Indústria do Café para neutralizar as emissões de carbono provenientes da 29ª edição do evento ENCAFÉ resultou no plantio de 2.624 mudas nativas no Legado Verdes do Cerrado, reserva privada de desenvolvimento sustentável da CBA e administrada pela Reservas Votorantim.

O ENCAFÉ é considerado um dos mais relevantes eventos do mercado de café do Brasil e reuniu, no último mês de novembro, em Alagoas, cerca de 500 participantes, entre produtores, torrefadores, baristas, compradores, fornecedores, exportadores e outros profissionais do setor cafeeiro. As atividades realizadas durante os cinco dias do encontro, incluindo o deslocamento aéreo, produziram aproximadamente 9,92 tCO2e (toneladas de CO2 equivalente).

“O carbono estocado com o plantio das árvores tem papel importante na compensação das emissões de gases do efeito estufa, além de colaborar para a conservação e recuperação do Cerrado, o segundo maior bioma do Brasil”, afirma Leandro Faria, gerente-geral de Sustentabilidade, Segurança e Meio Ambiente da CBA, empresa proprietária do Legado Verdes do Cerrado.

De acordo com o executivo, “a iniciativa é uma importante sinalização para a sociedade da necessidade de se adotar práticas que promovam a harmonia entre o desenvolvimento econômico e a conservação ambiental”.

Projeto – O plantio teve início no dia 19 de dezembro do ano passado e foi concluído no último dia 22 de janeiro, período mais chuvoso do ano, contribuindo para o sucesso da reposição florestal. A área de abrangência do plantio foi de 2,64 hectares, formando um corredor ecológico. Nele, foram plantadas espécies de mudas nativas do bioma, a fim de promover a revegetação e facilitar o deslocamento da fauna local. “A Reservas Votorantim foi responsável pelo desenvolvimento do projeto técnico da neutralização, acompanhando todas as suas fases, até a implantação no Legado Verdes do Cerrado. No total, tivemos uma captura de carbono estimada, por árvore, de 3,78 kg CO2/ano”, conta Cicero Homem de Melo, coordenador de Negócios da Reservas Votorantim.

O executivo explica que, passados 45 dias, será realizada uma avaliação para verificar a adaptação das mudas na área reflorestada e, caso seja necessário, será realizado o replantio daquelas que necessitarem. A manutenção da área será feita ao longo de dois anos.

Com 32 mil hectares, o Legado Verdes do Cerrado localiza-se em Niquelândia (GO) na região Centro-Oeste. Gerido pela Reservas Votorantim, o Legado é uma Reserva Privada de Desenvolvimento Sustentável (RPDS) de propriedade exclusiva da CBA que promove iniciativas da economia verde que convivem harmonicamente com atividades convencionais, como agricultura e pecuária. No território, já foram registradas 1.670 espécies da fauna e flora aquática e terrestre.

O alumínio na indústria cafeeira – Presente em diferentes embalagens de café, o alumínio apresenta proteção, durabilidade, leveza, conservação dos produtos por longos períodos e reciclabilidade infinita, um diferencial sob o ponto de vista dos custos e da sustentabilidade. O metal é um dos impulsionadores da inovação no mercado de cafés, garantindo a qualidade do produto brasileiro e oferecendo longa vida útil, essencial para negócios no mercado interno e externo.

A embalagem com alumínio é a única que oferece barreira 100% à luz, oxigênio e umidade e ainda garante a preservação do aroma e sabor. Além disso, a leveza das embalagens compostas por alumínio permite a redução do consumo de combustível, o que diminui de forma significativa a emissão de gases poluentes na cadeia logística para o transporte de embalagens de café.

“Somos parceiros da ABIC para iniciativas de sustentabilidade e promoção do alumínio como aliado ao café e ao meio ambiente. Entendemos que a indústria tem o papel fundamental de mostrar os benefícios da embalagem que protege o café e promover a cultura da reciclagem, com descarte correto, rastreabilidade e comunicação sobre a importância da redução de emissões de gases de efeito estufa em toda a cadeia produtiva”, conclui Leandro Faria.

Deixe seu comentario

Ultimas Noticias

Mineradora de ouro chinesa escolhe soluções subterrâneas da Epiroc. Foto: A carregadeira subterrânea Epiroc Scooptram ST1030 está entre as várias soluções adquiridas para ampliar
Categorias

Fique por dentro das novidades

Inscreva-se para receber novidades em seu Email, fique tranquilo que não enviamos spam!

Deixe seu Email para acompanhar as novidades 

Solicitar maiores informações

Preencha as informações abaixo e entre em contato com o anúnciante!