Tel:11 - 4604-8046 | E-Mail: atendimento@eaemaq.com.br

Notícias do Mercado Comparativo da edição Colheitadeiras: tecnologia e produtividade nas lavouras

Colheitadeiras: tecnologia e produtividade nas lavouras

-

- Advertisement -
- Advertisement -

Todo produtor atento sabe que não basta ter somente alguns modelos de máquinas agrícolas na lavoura. Para conquistar alta performance com resultados, é necessário investir em máquinas que assegurem ganhos produtivos acima da curva, e as colheitadeiras estão entre os equipamentos indispensáveis.

Você sabia que a patente de colheitadeira aconteceu em 1894 por Hiram Moore?

Nesse momento essas máquinas eram puxadas por cavalos, mulas ou carros de boi. Só depois que os tratores começaram a puxar as colheitadeiras.

Atualmente, são autopropelidas e usam motores diesel como fonte de energia. E oferecem uma série de diferenciais para cada tipo de aplicação e especificidade no campo.

Neste Comparativo, a EaeMáquinas traz 5 modelos bastante requisitados para você avaliar. Confira!

CASE Axial-Flow Série 230

A Case IH começou a produção no Brasil das colheitadeiras Axial-Flow Série 230 em 2013 e, após um período de análise e desenvolvimento tecnológico para atender as demandas do produtor, em 2017, essas máquinas passaram uma por uma série de melhorias, que resultaram em maior performance e capacidade operacional. Como destaques: o aumento na capacidade de armazenamento de grãos em 17% e o aumento do volume da vazão de descarga em 41%.

Segundo a fabricante, as principais características das colheitadeiras Axial-Flow Série 230 são a alta capacidade produtividade com baixo consumo de combustível, além disso o sistema Axial entrega baixas perdas, grãos limpos e com nível de qualidade aceitável pelos produtores e isso coloca a case como uma ótima escolha para que colhe grãos para produção de sementes.

Tudo isso é possível graças ao rotor Axial da Case IH, a gaiola do rotor, que tem ajuste mecânico e simultâneo das aletas propulsoras, ampla área de limpeza e alguns sistemas exclusivos que fazem da Case IH um produto diferenciado no mercado e que são projetados e melhorados para atender as reais necessidades do agricultor brasileiro.

A companhia destaca que toda a linha Axial-Flow S230 utiliza o sistema CVT (sigla em inglês para Transmissão Continuamente Variável), que proporciona maior eficácia na transmissão de energia com até 92% de aproveitamento da energia do motor versus 85% no sistema por correias, maior robustez da máquina e três vezes menos pontos de lubrificação. Assim, também tem menos componentes para revisão, maior eficiência mecânica, reversão rápida e maior disponibilidade de colheita.

Juntamente com os também exclusivos cones de transição e ventilador Cross Flow, resultam, principalmente, na melhor qualidade de colheita com grãos íntegros e limpos, uma demanda constante e crescente do mercado agrícola.

Na parte de manejo de resíduos está série conta com o picador com 40 facas com um sistema de contrafaças escamoteáveis, proporcionando alta performance; e espalhador horizontal de palhas com acionamento hidráulico e ajuste de velocidade dentro da cabine com distribuição de palhas mais homogênea por metro quadrado, garantindo uma cobertura de solo compatível a plataforma adequada para o equipamento.

Ainda temos nos modelos 8230 e 9230 temos a disponibilidade dos tradicionais rodados duplos, assim como na versão com esteiras de borracha de 36”, que proporcionam diversos benefícios ao produtor. A menor pressão que a esteira de borracha exerce sobre o solo melhora a qualidade do plantio e, consequentemente, aumenta a produtividade do empresário do agronegócio.

JOHN DEERE S780

Para ajudar o agricultor no desafio de produzir ainda mais em cada hectare de sua propriedade, aumentando a lucratividade, já que a colheita é um período decisivo para o agricultor, a John Deere possui a colheitadeira S780, que faz parte a série S700, a primeira totalmente automatizada do mercado.

A colheitadeira de grãos S780 consegue mais precisão e performance no campo, garantindo mais qualidade do grão, menores perdas e maior produtividade. O grande diferencial do modelo é o de contar com duas câmeras digitais que permitem que o sistema realize a leitura da passagem de grãos. Dessa forma, ela identifica impurezas e grãos quebrados, e promove automaticamente os ajustes necessários (a cada três minutos) para manter a performance e a qualidade dos grãos. O resultado é um grão 17% superior em qualidade, somado a 13% de redução de perdas.

Além disso, a fabricante destaca como diferenciais do modelo S780:

  • Sistema ATA, que permite o ajuste automático das peneiras ao terreno, resultando em uma maior capacidade de colheita e perdas reduzidas.
  • Active Yield, ferramenta em que a calibração do sensor de massa é automática, resultando em maior precisão nos dados coletados para mapas de produtividade e agilidade na calibração pois não demanda balanças externas para calibração resultando inclusive em menores custos operacionais. A ferramenta está disponível para as culturas de soja, milho, trigo, cevada e canola.
  • Novo Display Command Center 4600, que reduz 10% do tempo gasto em regulagens. Para oferecer maior conforto para o condutor, a cabine dos modelos S700 também passou por mudanças.  O novo monitor, que permite o compartilhamento de dados pelo JDLink™, enviando informações da colheita diretamente para o Centro de Operações, plataforma aberta e gratuita para gestão dos dados de colheita e integração de vários parceiros escolhidos pelo agricultor que poderão usar os dados para transformar em informações para melhor tomada de decisão – dessa forma, todos os clientes, de qualquer porte, podem otimizar sua produtividade de forma sustentável.

MASSEY FERGUSON – MF 9895

O destaque da MASSEY FERGUSON é a colheitadeira de grãos MF 9895  desenvolvida para operar com menos paradas e atender as necessidades dos médios e grandes produtores rurais.  A fabricante destaca que a máquina possui sistema de processamento trident, composto pelo rotor de 3,56 metros de comprimento, que proporciona mais qualidade aos grãos. 

A companhia informa que, entre os principais ganhos comentados pelos produtores rurais, destacam-se a potência e a redução do consumo de combustível. A MF9895 da Massey Ferguson é uma colheitadeira de classe 8 equipada com motor de 500CV de potência máxima, tanque graneleiro para 12334 litros e uma série de inovações na engenharia.

O modelo axial MF 9895 (500cv), que pode vir com a nova plataforma 9300 Dynaflex acoplada, possui motor de sete cilindros AGCO Power com 9,8 litros. Apresenta uma das maiores taxas de descarga de grãos do mercado (150 litros por segundo) e tanque com capacidade de armazenagem de 12.334 litros. O sistema de acionamento do cilindro alimentador é responsável pela alta performance do equipamento, garantindo a qualidade dos grãos e ampliando o leque de culturas e de aplicação.

NEW HOLLAND CR8.90

O destaque nessa classe da New Holland Agriculture, marca da CNH Industrial, é a CR8.90. A colheitadeira é equipada com um exclusivo sistema de duplo rotor de 22″ que garante um processo de debulha e separação incomparável. Tanto que a máquina é recordista mundial de colheita de soja.

Fabricada em Sorocaba (SP), a CR8.90 já conseguiu colher 439,7 toneladas (7.390 sacas) de soja em 8 horas. Segundo informações oficiais, essa performance foi atingida numa lavoura no Oeste da Bahia, em 2017. Com motor Cursor 13 da FPT Industrial, com 503 cv de potência nominal e 571 cv de potência máxima, a colheitadeira possui área total de peneiras de 6,5 m², tanque graneleiro com capacidade de 14.500 litros e descarga de 142 l/s.

O sistema de duplo rotor Twin Pitch da CR8.90 oferece alta performance no sistema de trilha, separação e limpeza, entregando a melhor qualidade de grão no mercado. O duplo rotor é uma exclusividade da New Holland.

O conceito de alimentação por hélice dupla garante um fluxo constante de material e uma transição suave do alimentador para os rotores. As barras de trilha foram redesenhadas para aumentar a capacidade de debulha e, ao mesmo tempo, otimizar a passagem do material pelos côncavos. Além disso, as aletas direcionadoras foram reprojetadas para reduzir o consumo de potência, permitindo o processamento de mais material pela máquina. Ajustáveis, as aletas permitem máximo desempenho em todos os tipos de condições e culturas.

Sinônimo de produtividade e eficiência, a linha CR Evo combina tecnologia com anos de experiência no mercado de colheitadeiras para entregar ao cliente tudo o que ele precisa. Com sua exclusiva mesa autonivelante, que compensa terrenos inclinados em até 15% e potencializa o sistema de limpeza e separação da máquina, o sistema diminui as perdas e oferece maior rentabilidade ao produtor, com maior qualidade de grão.

O equipamento conta ainda com o sistema IntelliCruise™, que controla automaticamente a velocidade de avanço da máquina a fim de trabalhar sempre na capacidade máxima. Em áreas onde a colheita é mais leve, o IntelliCruise™ aumenta a velocidade de avanço para que a colheitadeira trabalhe sempre na capacidade pretendida. Além disso, o sistema também pode ser configurado com base no nível de perda de grãos, auxiliando o operador da máquina a atingir os menores índices de perda automaticamente.

Outro grande diferencial deste modelo é o sistema de distribuição de palha por discos com motor hidráulico (Opti-Spread), que proporciona a distribuição perfeita da palha na plataforma de 45 pés.

Além disso, a cabine Harvest Suite™ da CR8.90 (disponível para toda as colheitadeiras da linha CR-Evo) oferece ótima ergonomia de todos os controles para o operador, proporcionando fácil operação e redução da fadiga nas longas jornadas de trabalho.

VALTRA Série BC 8800

A Valtra destaca que as plataformas Draper foram projetadas para atingir o maior resultado possível ao trabalhar em conjunto com a Série BC 800 de colheitadeiras. A série traz três modelos com potências que variam de 360 cv a 500 cv, com maiores áreas de trilha e separação, além dos côncavos com suspensão, contribuindo para um alto desempenho no campo. Todos são equipados com motor eletrônico, que garante facilidade de manutenção e economia no consumo de combustível, além de reduzir a emissão de poluentes.

Segundo a companhia, as colheitadeiras BC7800 e BC8800 possuem uma das maiores velocidades de descarga nas suas categorias, que chega a 150 L/s, além do exclusivo sistema de arrefecimento V-Flow,  aplicado em toda a série, que elimina a necessidade de manutenção diária

As colheitadeiras BC6800 (360 a 390 cv), BC 7800 (415 a 450 cv) e BC 8800 (470 a 500 cv) são preparadas para receber todos os itens de agricultura de precisão da linha Fuse®, oferecidos pela Valtra, como monitoramento de produtividade FieldStar® II, piloto-automático Auto-Guide™ 3000 e telemetria AgCommand®.

As novas colheitadeiras axiais da Série 800 Valtra estão preparadas para colher mais, com menos paradas durante a jornada de trabalho e com a maior capacidade de transporte de grãos do mercado. Equipadas com o motor eletrônico AGCO Power e o sistema de Redução Catalítica Seletiva (SCR), em atenção à regulamentação Proconve MAR-1, as máquinas apresentam excelente desempenho e menor consumo de combustível das categorias.

Com o maior rotor do mercado, côncavos com suspensão e maiores áreas de trilha e separação, o sistema de processamento TriZone presente nas colheitadeiras axiais BC8800 (classe 8, com 470 cv), BC7800 (classe 7, com 415 cv) e BC6800 (classe 6, com 360 cv) faz a diferença na hora da colheita. Somado às mais modernas tecnologias de agricultura de precisão como Fieldstar II, Auto-Guide 3000 e AgCommand, as máquinas possuem a melhor relação litro/toneladas colhidas e uma das maiores taxas de descarga do mercado, de 150 l/s.

Sistema SCR

Tecnologia aplicada nas máquinas mais robustas, o sistema funciona com pulverização de um reagente (Arla 32) nos gases de escape, causando uma reação química e neutralizando a geração de NOx. O procedimento ocorre no catalisador, fora do motor, no qual os gases de escape são convertidos em gases inertes como nitrogênio (N0) e vapor de água (H2O).

As colheitadeiras axiais também possuem:

  • Sistema de arrefecimento inovador V-Flow: elimina a necessidade de manutenção diária;
  • Sistema de limpeza com duas saídas de ar: alta capacidade de limpeza, minimização da sensibilidade à inclinação do terreno, menores perdas e mais eficiência;
  • Redução da velocidade do ventilador: permite a colheita de sementes finas a uma rotação mais baixa;
  • Simplicidade para manutenção e revisões.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas noticias

Centro Tecnológico da NSK Brasil é referência em testes e homologações para os setores industrial e automotivo

Primeiro laboratório da empresa na América Latina faz avaliações técnicas com recursos de última geração,  incluindo...

Mercedes-Benz entrega primeiro caminhão vendido por meio do showroom virtual

André e Luiz Pereira, sócios-proprietários da POP Vidros.·       POP Vidros, de Curitiba,...

Umicore detalha cuidados com o Catalisador de Redução Seletiva (SCR)

Catalisador de Redução Seletiva (SCR) é um dos sistemas mais avançados na conversão de gases nocivos...
Previous
Next

ZF doa 10 mil máscaras de proteção para instituições sociais e de saúde

Máscaras descartáveis serão doadas a instituições sociais e de saúde das comunidades...

Webinar BW Talks: Gestão de Resíduos Sólidos

Dia 08 de julho (quarta-feira) - 16h00 - Canal da Sobratema no YouTube.

Mais Lidas

Você também pode gostar deRELATED
Recomendamos para você