Conheça as vantagens do corte a plasma em relação ao laser

Conheça as vantagens do corte a plasma em relação ao laser

Conheça as vantagens do corte a plasma em relação ao laser

Mais eficiente e versátil, o plasma é capaz de lidar com uma gama maior de metais e espessuras mais grossas

Em uma era em que a precisão e a eficiência são fundamentais para o sucesso industrial, a escolha da tecnologia de corte certa pode fazer toda a diferença. Com opções como o corte a plasma e o corte a laser disponíveis no mercado, muitas empresas podem se perguntar qual é a melhor solução para suas necessidades. No entanto, ao examinar as características e os benefícios de cada tecnologia, o corte a plasma se mostra como mais vantajoso em termos de versatilidade e desempenho.

O corte a plasma é um processo de corte térmico que utiliza um arco elétrico para ionizar e aquecer um gás de plasma, que, então, é expelido em alta velocidade por um bico de corte. Essa tecnologia oferece várias vantagens em relação ao corte a laser, entre elas a capacidade de lidar com uma ampla gama de materiais, incluindo metais ferrosos e não ferrosos, como aço carbono, alumínio, aço inoxidável e cobre. Por outro lado, o corte a laser tem suas limitações em relação aos materiais que pode processar.

Além disso, o corte a plasma é altamente eficaz quando utilizado em espessuras maiores, pois oferece velocidade de corte superior em comparação com o laser, resultando em uma produção mais ágil e eficiente. Isso é especialmente vantajoso para indústrias que exigem a capacidade de cortar materiais de diferentes espessuras de forma rápida e precisa.

Outra vantagem significativa do plasma é seu custo-benefício. Sistemas de plasma são geralmente mais acessíveis do que os de corte a laser, quando utilizados em capacidades de corte semelhantes, e têm menores custos de energia elétrica e gás ao longo do tempo.

“A tecnologia de corte a plasma é uma opção mais vantajosa para aqueles que buscam eficiência, versatilidade e um retorno rápido do investimento. Com a capacidade de processar uma ampla gama de materiais, cortar materiais mais espessos com rapidez e proporcionar uma solução mais acessível no geral, o plasma oferece uma vantagem competitiva significativa para as indústrias modernas”, explica Thiago Maciel, Gerente de Vendas da Hypertherm Associates, empresa que é referência global em produtos e softwares de corte industrial.

Segundo o especialista, ao considerar a compra de uma máquina de corte a plasma ou software de corte a plasma, “as empresas podem ter a certeza de que estão escolhendo uma tecnologia comprovada e confiável, capaz de atender às necessidades de corte industrial com qualidade superior”.

Benefícios dos sistemas de corte a plasma XPR

Os sistemas de corte a plasma XPR, da Hypertherm Associates, oferecem uma série de benefícios que impulsionam a qualidade, a produtividade e a eficiência operacional. Com a tecnologia X-Definition, eles garantem uma performance de corte superior e melhoram a uniformidade do corte ao longo da vida útil dos consumíveis.

“Uma das principais vantagens do sistema XPR é o True Hole, tecnologia que possibilita ao corte a plasma fazer furos de 1:1 (diâmetro do furo igual à espessura) sem conicidade e furos de passagem sem necessidade de retrabalho. Além disso, a XPR aumenta a vida útil dos consumíveis em aplicações de aço-carbono, oferecendo melhor desempenho e redução de custos operacionais”, pontua Maciel.

A velocidade de corte mais alta e os resultados consistentes também contribuem para uma maior eficiência. Com a XPR, é possível reduzir a mão de obra necessária para processar os cortes, o que aumenta a performance global do sistema. A marcação em argônio de alta qualidade utiliza os mesmos consumíveis de corte, simplificando o processo e economizando tempo.

“Além dos benefícios de corte e da produtividade, os sistemas XPR são otimizados para um desempenho confiável e duradouro. A tecnologia Advanced Arc Response intervém automaticamente em eventos que podem reduzir a vida útil dos consumíveis ou causar danos à tocha”, ressalta Maciel. “A proteção automática da tocha evita falhas catastróficas decorrentes do uso excessivo do eletrodo, enquanto a proteção automática contra erro de redução gradual preserva a vida útil do eletrodo, interrompendo o processo de plasma quando há estiramento excessivo do arco”, finaliza.

Deixe seu comentario

Ultimas Noticias

Agrobrasília 2024 contará com a participação de dez unidades da Embrapa
Agrobrasília 2024 contará com a participação de dez unidades da Embrapa De 21 a 25 de maio será realizada a edição 2024 da Agrobrasília – a
Categorias

Fique por dentro das novidades

Inscreva-se para receber novidades em seu Email, fique tranquilo que não enviamos spam!

Deixe seu Email para acompanhar as novidades 

Solicitar maiores informações

Preencha as informações abaixo e entre em contato com o anúnciante!