Pesquisar
Close this search box.

Desafios e tendências para a cultura da maçã: cerca de 200 consultores,…

Desafios e tendências para a cultura da maçã: cerca de 200 consultores, influenciadores e produtores de SC e do RS debatem o tema


 Desafios e tendências para a cultura da maçã: cerca de 200 consultores, influenciadores e produtores de SC e do RS debatem o tema

 Atividade econômica de extrema relevância em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul, a produção de maçã nessas regiões é favorecida pela condição climática, com temperatura mais amena e estações distintas, com inverno frio e verão quente, por exemplo, que beneficiam o desenvolvimento e amadurecimento das maçãs. Porém, com mercado extremamente criterioso na qualidade do produto, além de precisar do clima favorável, o produtor tem como principal desafio buscar sempre novas tendências e oportunidades na produção de frutas e criar negócios mais sustentáveis e lucrativos.

Com o objetivo de apoiar os produtores de maçã, trazendo tendências e novas soluções assertivas, baseadas em pesquisas, a ADAMA realiza anualmente eventos para esse público e, neste mês, organizou três encontros (dois em Santa Catarina e um no Rio Grande do Sul), reunindo cerca de 200 pessoas, entre produtores, consultores e influenciadores da cultura. “Produzir a fruta com o menor impacto socioeconômico ambiental possível, utilizando as melhores práticas tecnológicas existentes, resultando em uma maçã com atributos de alta qualidade e segurança ao consumidor, é fundamental hoje em dia. E com a grande importância econômica nessas regiões, optamos por realizar eventos personalizados, trazendo informações de especialistas, com dicas de manejo estratégico e que apoiem os fruticultores nessa conquista”, afirma Paulo Paschoa, Representante Técnico de Vendas da ADAMA.

De acordo com o agrônomo, o manejo de insetos nos pomares de maçã deve ser realizado ao longo de toda a safra. As fases de floração e frutificação das macieiras, que ocorrem de setembro a janeiro, até a colheita, que ocorre entre fevereiro e maio, são mais preocupantes quanto à ocorrência de pragas como o piolho-de-são-josé, o pulgão-lanígero, lagartas, como a enroladeira-da-maçã, a mariposa-ocidental (ou grafolita) e a mosca-das-frutas. Essas três últimas são as mais preocupantes, já que podem causar perda de até 80% da produção, se não controladas, explica Paschoa.

“Na safra 23/24, já temos observado a ocorrência de grafolita e mosca-das-frutas nos pomares, sendo esta última detectada principalmente nas regiões da Serra Catarinense, Rio do Peixe e Serra Gaúcha. Por isso, o monitoramento constante por meio das armadilhas com atrativo e a aplicação de inseticidas no momento certo são estratégias fundamentais e ajudam a reduzir a população de pragas do pomar”, reforça João Petry, também Representante Técnico de Vendas da ADAMA.

Desafios e tendências para a cultura da maçã: cerca de 200 consultores, influenciadores e produtores de SC e do RS debatem o tema

Soluções diferenciadas e ferramentas digitais para o sucesso da cultura

A ADAMA conta com duas soluções para auxiliar o produtor no manejo da mariposa-oriental (Grapholita molesta), Plethora® e Trivor. Ambos têm controle acima de 80%, principalmente nas fases de ovo e lagarta da praga. “Ensaios conduzidos por pesquisadores em macieiras por duas safras consecutivas mostraram que essas soluções tiveram eficiência de controle de grafolita de mais de 80%, nas regiões de Bom Jesus da Serra (SC) e São Joaquim (SC). Santa Catarina é o maior produtor da fruta do Brasil, representa quase 50% da produção nacional, e boa parte da produção está concentrada em São Joaquim”, completa Petry.

Além de aplicação de herbicidas, inseticidas e fungicidas de forma estratégica e assertiva, ferramentas de monitoramento se tornam fundamentais na fruticultura. Por exemplo o ADAMA Monitor, serviço agrodigital da companhia, que, por meio de inteligência artificial, faz o reconhecimento da praga capturada, registra dados históricos e permite fazer a projeção de infestações, ajudando o produtor a tomar a melhor decisão para as operações de plantio, colheita e aplicação de defensivos.

Petry destaca ainda o ADAMA Clima, rede de estações meteorológicas, como grande aliado do agricultor na tomada de decisão das operações agrícolas. Com um layout interativo, além de trazer grande precisão em previsões climáticas, traz funcionalidades como a média das temperaturas e precipitações dos últimos três anos, mapa de localização das estações com informações sobre chuvas acumuladas nas últimas 24hs ou 7 dias, informação de graus-dia através do cálculo da temperatura acumulada e grande capacidade de exportação de dados.

Deixe seu comentario

Ultimas Noticias

Parceria entre Sun Mobi e Abrasel amplia acesso à energia solar por assinatura para bares e restaurantes na região Alta Mogiana no estado de
Categorias

Fique por dentro das novidades

Inscreva-se para receber novidades em seu Email, fique tranquilo que não enviamos spam!

Deixe seu Email para acompanhar as novidades 

Solicitar maiores informações

Preencha as informações abaixo e entre em contato com o anúnciante!