Tel:11 - 4604-8046 | E-Mail: atendimento@eaemaq.com.br

Notícias do Mercado Dica técnica Nakata recomenda uso da chave fixa ou allen na...

Nakata recomenda uso da chave fixa ou allen na hora da troca do amortecedor

-

- Advertisement -
- Advertisement -

Análise detalhada dos componentes de suspensão, ferramenta adequada e equalização do amortecedor garantem a qualidade do serviço.

A troca de amortecedor exige muito cuidado e atenção já que qualquer defeito compromete a dirigibilidade e segurança do automóvel, além de gerar retrabalho para o mecânico e altos custos para o dono do carro.  A Nakata, líder em componentes para o sistema de suspensão no mercado de reposição, apresenta no seu blog com dicas para mecânicos, dicas técnicas de como fazer a troca do amortecedor de forma mais assertiva. A ideia é proporcionar para os mecânicos um passo a passo de como economizar tempo sem interferir na qualidade do serviço prestado.

De acordo com a marca, a falta de foco e de alguns cuidados durante o procedimento geram problemas para o dono do carro e para o mecânico. Uma situação apresentada, que é muito comum, é o vazamento do óleo do componente, provocado por erro de manuseio.

As análises das peças que retornam à fabricante mostram casos em que a haste do amortecedor está danificada, com chanfros causados pelo manuseio inadequado da ferramenta utilizada na montagem. O exame indica o uso do alicate de pressão para segurar a peça durante a fixação da porca superior, deixando ranhuras profundas na extensão da peça o que ocasiona o vazamento de óleo por todo o componente durante o seu funcionamento.

Para evitar o problema após a troca, a marca reforça a importância do uso de ferramentas adequadas, como uma chave fixa ou allen.

Além desse cuidado para uma troca eficiente, a Nakata alerta para a importância de uma análise detalhada do componente e a realização de testes de rodagem.  A análise geral da suspensão, ao elevar o veículo para observá-lo por baixo, é outra dica da marca para agilizar todo o serviço e ajudar a identificar a real fonte do problema.

Outro ponto que merece destaque entre as dicas disponibilizadas pela marca é importância da equalização do amortecedor para a finalização do serviço. Sem ela, o cliente sairá da oficina ainda com ruídos e falhas. O procedimento, responsável pela eliminação do ar presente no tubo interno da peça, dependente da atenção e experiência do profissional na oficina. Uma dica divulgada pela Nakata é não deixar a peça na horizontal, já que é grande a probabilidade de que o trabalho seja desperdiçado, enchendo o amortecedor com novas bolhas de ar.

Para conferir essa dica e, outras, basta acessar o site da Nakata:  https://blog.nakata.com.br/troca-de-amortecedor-como-fazer-de-forma-assertiva-e-economizar-tempo/

(Fonte:Assessoria de imprensa)

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas noticias

Carteira Digital de Trânsito agora permite pagamento de multas com 40% de desconto

Aplicativo CDT incorpora Sistema de Notificação Eletrônica (SNE) e vai centralizar todos...

A Kennametal apresenta a fresa de faceamento KCFM™ 45

A nova fresa de faceamento para acabamento fino em aplicações de ferro...

FAEMG lança conta digital para o agronegócio

A FAEMG está lançando a primeira conta digital do Agronegócio. O lançamento será amanhã, 22...
Previous
Next

TMF inova e apresenta fertilizante Force Pasto

Desenvolvido especialmente para pastagens, o TMF Force Pasto possibilita, com uma única...

Ministro da Infraestrutura falará sobre o futuro do setor no país

Paving Virtual receberá o Ministro no dia 29 de setembro. O evento...

Mais Lidas

Você também pode gostar deRELATED
Recomendamos para você