Em constante modernização, setor agrícola aposta em máquinas e equipamentos…

Em constante modernização, setor agrícola aposta em máquinas e equipamentos de alta tecnologia para aumentar as vendas

Em constante modernização, setor agrícola aposta em máquinas e equipamentos de alta tecnologia para aumentar as vendas

Com inovação nas operações que utilizam máquinas e implementos, é possível proporcionar ao usuário final um equipamento mais produtivo, mais leve e com redução na manutenção, gerando economia e rentabilidade. Em 2022, o agronegócio participou com 24,8% do PIB e 47,6% das exportações brasileira e o setor gerou uma receita de US$ 159 bilhões 

Sendo um dos principais pilares do PIB brasileiro, o segmento agrícola tem um consumo substancial de aço. Em 2022, de acordo com o Instituto Aço Brasil, houve um consumo aparente de aço de aproximadamente 24 milhões de toneladas, sendo destes, 420 mil toneladas apenas no setor agrícola (323 mil em aços planos).

Os implementos agrícolas, essenciais para o trabalho no campo, trazem agilidade e eficiência nas atividades, otimizando processos e facilitando o dia a dia do produtor rural. Este é um mercado pujante, embora 2023 seja um ano de acomodação de mercado (expectativa de queda de 23%), está vindo de três anos excepcionais (crescimento médio superior a 20% ao ano), a previsão para os próximos três anos é de um crescimento de 22%.

Em um ambiente cada vez mais competitivo, têm-se aumentado as buscas por alternativas e soluções que possam melhorar a produtividade, e, claro, a rentabilidade do agricultor. Neste contexto, a aplicação de aços especiais da siderúrgica sueca SSAB – multinacional líder mundial na fabricação de aços de alta resistência, produtora das marcas Hardox® e Strenx®, pode trazer inúmeros ganhos ao produtor rural.

A chapa antidesgaste Hardox®, é a responsável por atender os principais desafios deste mercado, uma vez que garantimos a dureza da superfície ao centro, e por ser um aço tenaz com alta resistência ao impacto. Sem mencionar que terá uma maior previsibilidade de paradas para manutenção, em função da estabilidade/repetibilidade desse aço. O Hardox® 500 Tuf é mais indicado para operações já familiarizadas em utilizar/processar o Hardox® 450, uma vez que mantém as propriedades mecânicas do Hardox® 450 com a dureza do Hardox® 500. Estudos de caso mostram que este upgrade pode garantir uma melhora na vida útil da peça na ordem de 35%.

Já o aço estrutural Strenx®, é um material de alto desempenho que proporciona um equipamento mais forte e mais leve, com maior absorção de impacto e com mais resistência na estrutura mecânica, além das vantagens em seu processamento, pela alta consistência de propriedades mecânicas. O aço Strenx® pode ser aplicado nas estruturas externas de equipamentos, em partes que exigem maior tenacidade e resistência mecânica para manter a rigidez e resistência do conjunto e tornar a viagem mais segura para o operador. O uso do material Strenx® da SSAB pode resultar em máquinas mais leves, que utilizam menos combustível, consomem menos pneus, ajudando os agricultores a reduzir custos, aumentar a eficiência e obter altos rendimentos.

O agronegócio pode ser dividido em dois grupos, o dos grandes produtores (faturamento superior USD800 mil/ano), que estão focados em volume e produtividade e consequentemente investem pesado em maquinário moderno para estar sempre melhorando seus números; e os de pequeno (faturamento até USD70 mil/ano) e médio porte (faturamento entre USD70 mil/ano e USD800 mil/ano), onde o risco de se descapitalizar, em decorrência das incertezas político-econômicas, acaba minando o investimento em novas soluções. Então, hoje, o maior desafio é mostrar para este grupo dos pequenos e médios agricultores as vantagens em se trabalhar com os aços de alta resistência.

“Temos muito espaço para crescer junto aos OEMs, e o caminho mais curto seria fomentando a cultura do aço de alta resistência junto ao cliente final, o agricultor. Ele é o principal criador de demanda. Um meio seria através de uma aproximação maior junto às principais cooperativas”, diz Matheus Rodarte, Gerente Comercial da SSAB.

A SSAB oferece duas alternativas às empresas que desejam trabalhar com aços especiais. Enquanto usina, oferece a chapa inteira ao cliente que consiga processar os aços de alta resistência. E, uma outra opção, seria a indicação de Hardox® WearParts, uma rede de serviços mundial com mais de 540 participantes em todo o mundo, em que oito estão no Brasil, que atuam seguindo os padrões recomendados pela equipe técnica da SSAB e o cliente final tem a certeza de receber peças e soluções em material Hardox® processadas corretamente.

Deixe seu comentario

Ultimas Noticias

Case IH expande seu projeto de capacitação profissional para o estado de São Paulo
Case IH expande seu projeto de capacitação profissional para o estado de São Paulo A Case IH anuncia a expansão do seu projeto de
Categorias

Fique por dentro das novidades

Inscreva-se para receber novidades em seu Email, fique tranquilo que não enviamos spam!

Deixe seu Email para acompanhar as novidades 

Solicitar maiores informações

Preencha as informações abaixo e entre em contato com o anúnciante!