Pesquisar
Close this search box.

ORPLANA aponta baixo consumo de etanol no País em evento da DATAGRO

ORPLANA aponta baixo consumo de etanol no País em evento da DATAGRO

ORPLANA aponta baixo consumo de etanol no País em evento da DATAGRO

Painel também apresentou estimativa de queda na safra de cana-de-açúcar 2024/2025

A ORPLANA (Organização das Associações de Produtores de Cana do Brasil), representada pelo CEO, José Guilherme Nogueira, participou na manhã desta quarta-feira (6) do 8º SANTANDER DATAGRO Abertura de Safra Cana, Açúcar e Etanol 2024/25. O evento, que segue nesta quinta-feira, dia 7, está sendo realizado no Taiwan Centro de Eventos, em Ribeirão Preto/SP.

Nogueira foi responsável pela mediação do primeiro painel do encontro que abordou a abertura da safra anual de cana-de-açúcar e contou com a participação do presidente da DATAGRO, Plinio Nastari; e do diretor de Inteligência Setorial da ÚNICA (União da Indústria de Cana-de-Açúcar), Luciano Rodrigues.

“No painel abordamos sobre o baixo consumo de etanol em veículos Ciclo Otto no Brasil. Isso porque, atualmente, apenas cerca de 30% da frota flex o adota como combustível. É muito pouco, já que 2/3 preferem a gasolina ao etanol”, revelou o CEO da ORPLANA. “Isso faz com que os preços não avancem, impactando os produtores de cana e o Consecana (Conselho de Produtores de Cana-de-Açúcar, Açúcar e Etanol)”, completou.

O painel discorreu ainda sobre a estimativa da safra 2024/2025, que será menor em relação à registrada no ano passado.

“Tivemos uma super safra. Então, a próxima não será uma quebra, mas sim voltaremos à normalidade e devemos atingir 590 milhões toneladas, conforme a DATAGRO anunciou. Já a safra da ORPLANA terá uma quebra menor, estimada em 620 milhões de toneladas. Porém, com o andar da safra e as chuvas não regulares e em baixa quantidade, pode ser que nesse mês ainda aconteça uma restrição de chuvas e a gente venha a reduzir esse volume”, anunciou Nogueira.

Açúcar

Segundo o CEO da ORPLANA, o mercado de açúcar continua sendo o maior comprador e o responsável por reajustar os preços. “Atualmente o preço do açúcar está 20 cents por Libra-Peso e já chegou a 27, 28 cents por Libra-Peso. Mas, mesmo com 20 cents o açúcar ainda continua competitivo e faz com que as usinas o prefiram e faça um mix mais açucareiro”, concluiu.

Primeiro painel da 8º Santander DATAGRO Abertura de Safra Cana, Açúcar e Etanol apresentou as estimativas para a temporada 2024/25 (Crédito: Instagram/Datagro Experince)

Deixe seu comentario

Ultimas Noticias

Consórcio brasileiro vence leilão do Lote Litoral Paulista de rodovias do Governo de SP Grupo Novo Litoral propõe desconto de 10,17% sobre contrapartida anual
Categorias

Fique por dentro das novidades

Inscreva-se para receber novidades em seu Email, fique tranquilo que não enviamos spam!

Deixe seu Email para acompanhar as novidades 

Solicitar maiores informações

Preencha as informações abaixo e entre em contato com o anúnciante!