Presidente do Porto de Santos aborda a inovação nos portos brasileiros na Intermodal 2024

Presidente do Porto de Santos aborda a inovação nos portos brasileiros na Intermodal 2024

Presidente do Porto de Santos aborda a inovação nos portos brasileiros na Intermodal 2024

Tema será discutido no Interlog Summit, com participação do presidente do Porto de Santos, Anderson Pomini, e do diretor de Transformação Digital da Wilson Sons, Eduardo Valença

Os portos desempenham um papel crucial na economia de um país, sendo responsáveis pela movimentação de mercadorias e o comércio internacional por meio de um dos transportes mais utilizados no mundo, os navios. No entanto, é evidente que os portos nacionais enfrentam um déficit tecnológico que pode comprometer a eficiência e competitividade.

Essa temática é uma das pautas de debate do 2º Interlog Summit, que será realizado durante a 28ª edição da Intermodal South America, entre os dias 5 a 7 de março de 2024, no São Paulo Expo. “Inovação nos portos brasileiros: como endereçar o déficit tecnológico dos portos nacionais?”, é o tema da palestra que vai tratar sobre como superar os desafios para implementar medidas que visem a modernização e aprimoramento dos portos, com os palestrantes Anderson Pomini, presidente do Porto de Santos e Eduardo Valença, diretor de Transformação Digital da Wilson Sons, no dia 6 de março, às 15h.

132 anos

O complexo portuário santista comemorou 132 anos de existência neste mês de fevereiro, com o anúncio da parceria entre Governo Federal e Estadual para a construção de um túnel ligando as cidades de Santos e Guarujá.

Entre os benefícios do túnel estão a redução da poluição ambiental, segurança às pessoas que cruzam o canal do Porto diariamente e o melhor desempenho das operações portuárias. O anúncio foi realizado em cerimônia na sede do porto com as presenças do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva e do governador do Estado de São Paulo, Tarcísio de Freitas.

“A relevância do Porto de Santos para a economia nacional é indiscutível. Como o maior complexo portuário do hemisfério sul, o Porto de Santos responde por 30% da balança comercial do Brasil, movimentando mercadorias de todo o mundo. É um privilégio participar da celebração dos seus 132 anos, visando todo o seu potencial de crescimento para fortalecer o futuro da Logística no país”, diz Fernando D’Ascola, show manager da Intermodal South America, evento organizado pela Informa Markets, que esteve presente no evento.

Como inovar nos Portos brasileiros?

Um dos primeiros passos é investir em infraestrutura tecnológica, como sistemas de monitoramento e controle automatizados, que permitam uma gestão mais eficiente dos processos portuários. Além disso, é fundamental a adoção de tecnologias como a Internet das Coisas (IoT) e a Inteligência Artificial (IA), que possibilitam a integração e o compartilhamento de informações em tempo real, otimizando a logística e reduzindo o tempo de espera das embarcações.

Outro ponto importante é o desenvolvimento de plataformas digitais que facilitem a comunicação e a troca de informações entre os diversos agentes envolvidos no processo portuário, como transportadoras, despachantes, armazéns e órgãos reguladores. Essas plataformas devem ser intuitivas, de fácil acesso e seguras, garantindo a transparência e a eficiência das operações.

Além disso, é necessário investir na capacitação e treinamento dos profissionais que atuam nos portos, para estarem preparados para lidar com as novas tecnologias e processos. Programas de educação e formação devem ser implementados, visando atualizar o conhecimento e as habilidades dos trabalhadores, para maximizar a utilização das ferramentas tecnológicas disponíveis.

Por fim, é fundamental estabelecer parcerias entre o setor público e o setor privado, buscando incentivos para a inovação e para os investimentos em tecnologia nos portos. Isso pode ser feito por meio de políticas de incentivo fiscal, linhas de crédito com taxas atrativas e programas de financiamento específicos para modernização e tecnologia portuária.

Em suma, a superação do déficit tecnológico nos portos nacionais requer um esforço conjunto, envolvendo investimentos em infraestrutura, adoção de tecnologias avançadas, capacitação dos profissionais e parcerias estratégicas. Somente assim será possível impulsionar a eficiência, a competitividade e o desenvolvimento sustentável dos portos, contribuindo para o crescimento econômico do país.

Serviço:

Intermodal South America – 28ª Edição

Data: de 5 a 7 de março de 2024.

Local: São Paulo Expo.

Endereço: Rodovia dos Imigrantes, 1,5 km – Vila Água Funda, São Paulo (SP).

Inscrições imprensa: Clique aqui

Interlog Summit Programação: Clique aqui

Mais informações: Clique aqui

Deixe seu comentario

Ultimas Noticias

Porto Itapoá publica seu Relatório de Sustentabilidade referente a 2023, ano que consolidou sua posição como um dos principais portos do Brasil O relatório
Categorias

Fique por dentro das novidades

Inscreva-se para receber novidades em seu Email, fique tranquilo que não enviamos spam!

Deixe seu Email para acompanhar as novidades 

Solicitar maiores informações

Preencha as informações abaixo e entre em contato com o anúnciante!