John Deere destaca a colheitadeira de grãos X9 e o conceito dos tratores 9RX na 29ª Agrishow

John Deere destaca a colheitadeira de grãos X9 e o conceito dos tratores 9RX na 29ª Agrishow

Ainda será lançada a forrageira 9600, uma máquina desenvolvida exclusivamente para o mercado brasileiro capaz de aumentar a produtividade em culturas altas

John Deere destaca a colheitadeira de grãos X9 e o conceito dos tratores 9RX na 29ª Agrishow

A John Deere, empresa global de tecnologia que fornece software e equipamentos para os setores agrícola, de construção e florestal, apresenta na 29ª edição da Agrishow uma
gama de produtos e soluções focadas na agricultura tropical. Entre 29 de abril e 3 de maio, os visitantes da maior feira de tecnologia agrícola da América Latina terão a
oportunidade ver de perto a colheitadeira de grãos X9, de forma virtual os tratores 9RX e a forrageira 9600, além de novos produtos da linha de Construção.

“A John Deere tem como objetivo apoiar a crescente capacidade da agricultura brasileira de atender à demanda global por alimentos, fibra e energia por meio do avanço da ciência
e tecnologia. Por isso, está desenvolvendo um portfólio repleto de produtos e soluções adaptadas às necessidades da agricultura tropical, considerando variáveis como solo,
clima, janela de colheita e conectividade”, afirma Marcelo Lopes, diretor de Vendas da John Deere Brasil.

Pela primeira vez disponível para venda no Brasil, a colheitadeira de grãos X9 é uma máquina capaz de colher mais de 100 t/h com menos de 1% de perdas. Equipada com o
novo motor John Deere PowerTech™ de 13,6 L, pode trabalhar até 14 horas sem reabastecimento por conta do robusto sistema de transmissão de energia para os
módulos finais, tornando-a mais eficiente em termos de consumo de combustível. O equipamento já está disponível para aquisição por meio de um Programa de Pré-Vendas
para todos os produtores do Brasil.

John Deere destaca a colheitadeira de grãos X9 e o conceito dos tratores 9RX na 29ª Agrishow

A John Deere também apresenta de forma virtual a nova linha de tratores mais potentes do mundo, os 9RX. Disponíveis nas versões com 710, 770 e 830 cv de potência, os
modelos contam com novos motores, mais opções hidráulicas, novos pacotes de tecnologia e atualizações de cabine, incluindo o novo receptor integrado StarFire™ 7500,
os monitores G5 e G5 Plus CommandCenter™ e os modelos de modem JDLink R e M. Os equipamentos já estão à venda com entrega para 2025.

John Deere destaca a colheitadeira de grãos X9 e o conceito dos tratores 9RX na 29ª Agrishow

Para incrementar a família de tratores de alta potência, a empresa lança o 8R 410 EVT, com nova transmissão variável elétrica, substituindo os motores hidrostáticos das
transmissões CVT por motores geradores elétricos, garantindo melhor aceleração e controle de velocidade. Foram realizadas mais de 100 mil horas de testes para comprovar
a sua eficiência. Além disso, a máquina conta com a cabine mais moderna e ampla da categoria, novo visual externo e pacote de luzes premium de LED.

Já a forrageira 9600, mais um lançamento da companhia, vem equipada com o motor John Deere JD18X e é capaz de aumentar sua produtividade em condições de culturas
altas, com potência de até 750 cv e sem a necessidade de fluído de escape diesel (DEF nos Estados Unidos, conhecido no Brasil como Arla). As tecnologias HarvestMotion™ e
HarvestMotion™ Plus proporcionam mais produtividade e eficiência com velocidade reduzida do motor. O HarvestLab™ 3000 mede e documenta a matéria seca e os
elementos constituintes em tempo real para uma análise precisa da qualidade de silagem, enquanto o novo design do tubo de descarga otimiza o fluxo de cultura em condições
pegajosas.

John Deere destaca a colheitadeira de grãos X9 e o conceito dos tratores 9RX na 29ª Agrishow

Para fechar os lançamentos no evento, a John Deere apresenta o descompactador rotativo de solo com rolo faca, um equipamento utilizado na etapa de preparo com a
finalidade de promover uma descompactação balanceada do terreno, sem desestruturá-lo, mantendo a cobertura superficial de palhada do plantio direto e
melhorando a aeração do solo e infiltração de água e nutrientes de forma sustentável.

Com hastes que penetram a uma profundidade de até 45 cm, o rolo faca quebra torrões e prepara o solo para o plantio.

Esse equipamento aumenta a produtividade da lavoura em até 13% e mantém até 75% a mais de cobertura superficial de palhada no solo em comparação com o manejo
convencional de um subsolador. O descompactador rotativo de solo demanda no máximo 30 cv por haste, podendo operar a uma velocidade de até 8 km/h. Isso representa uma
redução de 30% no consumo de potência do trator, levando a um menor consumo de combustível e um aumento de até 30% na velocidade de trabalho, resultando em uma
capacidade operacional ampliada.

Produtos da linha agrícola em exposição

Além dos lançamentos, a empresa traz para a Agrishow seu portfólio completo de equipamentos, como a plantadeira dobrável da série 3100FT, que agrega o conceito de
autotransportabilidade e alta tecnologia para distribuição de adubo e semente, trazendo ao produtor rural mais facilidade nos ajustes. A máquina proporciona melhor precisão,
além de ampliar a capacidade operacional de hectares plantados por dia. Ainda dentro das soluções de plantio, a John Deere apresenta o conceito de transportabilidade para a
família de plantadeiras DB, reduzindo de forma significativa o tempo de preparação para transporte.

Também marcam presença na Agrishow os pulverizadores autônomos GUSS. A tecnologia embarcada nesses equipamentos permite que um único operador trabalhe
simultaneamente com até cinco pulverizadores GUSS diferentes, tornando a operação mais produtiva, rentável e sustentável. O GUSS controla as taxas de aplicação e as
velocidades do pulverizador em campos inteiros e terrenos variáveis, com parâmetros de software ajustáveis.

Ainda no segmento de tratos culturais o sistema inteligente See & Spray™ Select será demonstrado ao público por meio de uma mesa de LED interativa e didática, contendo
uma barra com pontas de pulverização e câmeras inteligentes. A tecnologia consiste na identificação das plantas invasoras por meio de visão computacional com alta capacidade
de leitura e processamento, possibilitando a aplicação localizada em pré-emergência e pós-emergência. Em testes realizados no Brasil, foi possível comprovar uma economia
média de 56% no uso de herbicidas não residuais, com potencial máximo de redução de até 97%, trazendo ganhos sustentáveis e econômicos para o produtor. A solução utiliza
30 câmeras instaladas ao longo dos mais de 30 metros da plataforma de pulverização, sendo fundamental para aumentar a eficiência no controle de plantas invasoras, aplicando
a quantidade de produto exata somente onde é necessário.

A solução See & Spray Select será disponibilizada via Precision Upgrades em formato de pacote de incremento tecnológico, com um modelo de negócio inovador e de investimento
inicial reduzido, associado ao pagamento recorrente baseado na economia obtida durante a operação.

Outros produtos que estão expostos no estande incluem: a colhedora de cana de duas linhas CH950; os tratores utilitários da linha 5000 — 5EN com cabine e 5E — já
conectados com o modem JDLink; os tratores das séries 6M, 7M, 8R e 9R; a plantadeira DB74 MaxEmerge 5e; os pulverizadores M4030 autopropelido e PLA 120J HP MY 2025; e
os produtos Greensystem, como o pulverizador montado PV1008 e a plataforma de milho.

Linha amarela

A John Deere também apresenta produtos para o setor de construção na Agrishow. Entre os lançamentos da linha amarela estão as novas motoniveladoras versão P,
disponíveis com novos controles para o operador, joystick e mini alavanca, bem como pacotes de automação. Trata-se de equipamentos premium que garantem 20% a mais de
produtividade e 10% de redução de combustível. As novas tecnologias permitem que comandos repetitivos possam ser pré-programados, proporcionando mais agilidade
durante o trabalho.

“A John Deere inova suas motoniveladoras ao reduzir os custos de manutenção com o exclusivo círculo de giro premium, uma engrenagem totalmente selada que garante 40%
mais torque e uma velocidade 15% maior”, explica Thomas Spana, gerente de Marketing da divisão de Construção da John Deere para a América Latina.

Mais uma novidade é a pá-carregadeira 624 P Sugar Cane. Focada no mercado canavieiro, a máquina possui um exclusivo sistema de arrefecimento, o QuadCoolTM , que
conta com a organização dos resfriadores em forma de caixa, facilitando a limpeza do produto e diminuindo o tempo de parada durante o trabalho. Seu ventilador reversível com
configurações de tempo ajustáveis para operação de bagaço proporciona redução no consumo de combustível e melhor limpeza do sistema sem necessidade de controle do
operador. Além disso, o chassi foi alterado para facilitar a remoção do bagaço de cana das partes internas.

A retroescavadeira 310 P também recebeu melhorias, como um novo motor eletrônico, que disponibiliza maior acesso a dados e habilita o Modo Eco, proporcionando uma
economia de até 20% no consumo de combustível. Quando a máquina está sendo utilizada em aplicações mais leves, o cliente pode trabalhar no modo de economia, que
permite o ajuste automático da rotação do motor na primeira e segunda marcha, resultando em uma maior eficiência.

Ambos os equipamentos estão inclusos no Programa Litros de Vantagem da John Deere, que garante um consumo de combustível de até 17L/h para as motoniveladoras,
dependendo do modelo, e de 5,8 L/h para as retroescavadeiras.

Conectividade e pós-vendas

As pessoas que visitarem o estande podem conhecer mais de perto o Centro de Soluções Conectadas (CSC), um serviço de suporte remoto às operações que usa uma
base de dados colhidos pelas próprias máquinas durante as operações para identificar oportunidades de redução de custos e otimização de equipamentos.

O Brasil tem hoje 43 Centros de Soluções Conectadas para auxiliar a gestão do produtor— a maior concentração do mundo desses centros de tecnologia em um único país.

Atualmente, mais de 85% dos atendimentos de serviços são feitos ou iniciados de forma remota, por meio do Centro de Soluções Conectadas. Em média, essa abordagem
remota/híbrida reduz em 50% o tempo médio de atendimento/reparo.

No pós-vendas, toda a Rede de Concessionários (para soluções agrícolas) e Distribuidores (para construção) está presente para atender os visitantes e auxiliá-los a
encontrar a melhor solução em equipamentos para a sua lavoura. O público da Agrishow também pode aprofundar seu conhecimento sobre os pacotes de serviços e peças da
companhia.

Os profissionais da rede passam por treinamentos específicos para conhecer a fundo as soluções da empresa e proporcionar ao cliente a melhor experiência de compra e
pós-venda. “A agilidade na prestação de serviços e a eficiência na logística de peças permitem manter o funcionamento dos equipamentos e evitar tempo de máquina parada.

As soluções conectadas, por sua vez, antevêem os problemas e propõem medidas preventivas sem que seja necessário interromper a operação”, acrescenta Lopes.

Além disso, está disponível para clientes, o John Deere Fidelidade, um programa de benefícios que faz com que compras de serviços e peças virem prêmios, oferece
ativações especiais, resgate de seedz e promoções de desconto.

 

Deixe seu comentario

Ultimas Noticias

Massey Ferguson lança websérie sobre fenação Feno e Ação aborda as diferenças e benefícios da produção de fardos de feno e de pré-secado, com
Categorias

Fique por dentro das novidades

Inscreva-se para receber novidades em seu Email, fique tranquilo que não enviamos spam!

Deixe seu Email para acompanhar as novidades 

Solicitar maiores informações

Preencha as informações abaixo e entre em contato com o anúnciante!