Tel:11 - 4604-8046 | E-Mail: atendimento@eaemaq.com.br

CONSTRUÇÃO MINICARREGADEIRAS Minicarregadeiras Série 300 da New Holland são compactas no...

Minicarregadeiras Série 300 da New Holland são compactas no tamanho e gigantes na performance

-

- Advertisement -
Braço Super Boom®: maior alcance e altura para descarregar.
- Advertisement -

Disponível em quatro modelos, nova geração traz cabine com comandos reposicionados e novo design, melhor interface e conforto ao operador.

Assento com suspensão e novo joystick aprimoram ergonomia.

Sempre inovando e com uma linha completa de máquinas, a New Holland Construction, marca da CNH Industrial que celebra 70 anos de Brasil em 2020, traz ao país a nova Série 300 de minicarregadeiras. Os clientes da agricultura à construção contam agora com uma cabine com comandos reposicionados e novo design, melhorando a interface e o conforto para o operador.

A avançada tecnologia da Série 300 inclui a exclusiva tecnologia de elevação Super Boom®, assento com suspensão e três comandos de operação – hand control, foot control e joystick, resultando em ganhos em ergonomia e tornando a performance das máquinas compactas, que já era alta, ainda maior.

As evoluções confirmam o pioneirismo da New Holland Construction, presente desde 1972 no segmento, com mais de 260 mil minicarregadeiras produzidas.

“Nessa nova geração, aplicamos soluções que ajudam a realizar o trabalho com eficiência, maximizando o potencial de cada tipo de aplicação”, afirma Esio Dinis, especialista de Marketing Produto da New Holland Construction. “A Série 300 alcança estes resultados por meio de melhorias focadas no cliente, além de um amplo pacote de implementos à disposição. Nossas minicarregadeiras representam a solução ideal em espaços restritos, aliando alta performance e segurança”.

A Série 300 chega ao Brasil em quatro modelos – L318, L320, L325 e L330, de 60 hp a 90 hp de potência, capacidade operacional de 818 kg a 1.360 kg e força de desagregação de 24,7 kN a 38,3 kN.

“Os novos modelos mantêm os atributos de força dos anteriores, oferecendo uma melhor ergonomia interna e ganhos nas principais características externas, com maior visibilidade, seja qual for a necessidade de uso”, explica Giovanni Borgonovo, gerente de Marketing da New Holland Construction.

Segurança e facilidade na operação diária
O acesso à cabine é feito em degrau de perfil baixo, reforçando a acessibilidade independente do biotipo do operador. A interface da cabine traz novidades, como novos joysticks com botões de fácil ativação, novos interruptores nos painéis laterais, novos dutos de ar, porta-copos, localização das portas USB e auxiliar. Além disso, há um novo sistema de partida do motor, com interruptor tipo giratório, mais intuitivo. As certificações ROPs/FOPs protegem a cabine contra capotamentos e a queda de objetos.

Externamente, o design da Série 300 apresenta um novo conjunto de faróis de serviço na parte superior frontal. As luzes halógenas expandem a visibilidade para facilitar o posicionamento de carga e a manobrabilidade. Nos modelos L325 e L330, a porta traseira Heavy Duty é item de série.

O maior ângulo de fechamento da caçamba resulta em melhor retenção de material. As rodas de perfil baixo melhoram a durabilidade e ajudam a reduzir o ruído. Além disso, a maior distância entre eixos da categoria distribui o centro de gravidade de forma equilibrada, assegurando o controle e a tração durante as tarefas de elevação e de transporte. O ângulo de saída elevado garante fácil deslocamento em terrenos inclinados.

Super Boom® garante altura e alcance de descarga e estabilidade
O operador conta ainda com um recurso exclusivo para o carregamento de mercadorias, transporte de materiais, abertura de valas, nivelamento e limpeza de terrenos, dentre outras aplicações. O braço de cinematismo vertical Super Boom® da Série 300 garante altura e alcance de descarga e estabilidade. Enquanto o braço sobe, desloca a carga para a frente e não para trás, resultando em alcance e alturas maiores que permitem descarregar em locais onde as outras não alcançam, como no meio da caçamba alta de um caminhão, por exemplo.

A linha auxiliar de baixo e alto fluxo operacional oferece vazão hidráulica para atender qualquer tipo de implemento.

No compartimento do motor, um novo isolamento do cabeamento reforçou a blindagem elétrica e térmica, para operações em que há acúmulo de água ou poeira. O acesso ao motor é fácil, com a abertura da porta traseira da minicarregadeira para identificar, com facilidade, pontos de manutenção como vareta de nível de óleo, radiador do óleo hidráulico e do motor e tanque do líquido de arrefecimento. A manutenção da bateria também é simplificada.

Fonte:(Assessoria de imprensa)

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas noticias

Empresa paraense adquire cinco MAN TGX para escoamento do agronegócio

A Fator Locação de Veículos e Máquinas acaba de adquirir cinco unidades...

Jaguar Mining é parceira da Simpress há dez anos e quer se destacar como empresa vanguardista

A Jaguar Mining é uma empresa brasileira, de capital estrangeiro, que produz...

Com uma proposta aderente ao “novo normal” primeira horta residencial inteligente chega ao Brasil

Autônoma, com design minimalista, recheada de tecnologia e feita a partir de materiais reciclados, a Brota, criada...

São Paulo espera colher safra recorde de 300 mil toneladas de trigo

Relato das cooperativas indicou expectativa de boa colheita se o clima colaborar...
Previous
Next

O que você precisa saber sobre manejo do greening

Veja 4 dicas importantes sobre o controle da doença para ajudar o...

Sinais de desgaste das sapatas e tambor de freio

Tambor comprometido gera vibração no freio e sapatas desgastadas apresentam ruídos anormais e...

Mais Lidas

Você também pode gostar deRELATED
Recomendamos para você