Iniciativas de educação corporativa promovem crescimento e valorização profissional no setor do agronegócio

Iniciativas de educação corporativa promovem crescimento e valorização profissional no setor do agronegócioIniciativas de educação corporativa promovem crescimento e valorização profissional no setor do agronegócio

Iniciativas de educação corporativa promovem crescimento e valorização profissional no setor do agronegócio

Em um setor tão dinâmico e desafiador como o agronegócio, estratégias de educação corporativa são fundamentais para o desenvolvimento e a manutenção da competitividade das empresas. Nesse sentido, programas de formação continuada não apenas desenvolvem as habilidades dos colaboradores, mas também promovem uma cultura de inovação e alinhamento estratégico, essenciais para enfrentar os desafios do mercado agrícola e, assim, elevar ainda mais o setor.

Iniciativas de educação corporativa promovem crescimento e valorização profissional no setor do agronegócio

Um exemplo dessa prática é a Academia Agrocete, um programa de educação corporativa continuada lançado em 2022 pela Agrocete, multinacional brasileira referência na área de adjuvantes, fisiológicos, biológicos e nutrição. A iniciativa visa desenvolver as competências e habilidades dos colaboradores, com o objetivo de formar uma equipe integrada, comprometida e eficiente. Desde o seu início, em 2022, mais de 200 colaboradores já participaram do programa, que envolveu quase 30 professores e especialistas renomados em cerca de 230 horas de treinamento.

Priscila de Figueiredo- Diretora Administrativa e Jurídica da Agrocete

“O programa oferece uma oportunidade única para os colaboradores se desenvolverem profissionalmente, aprimorarem suas habilidades e se prepararem para novos desafios dentro da empresa. Isso cria um sentimento de valorização e pertencimento, essencial para a nossa cultura de colaboração e inovação”, explicaIniciativas de educação corporativa promovem crescimento e valorização profissional no setor do agronegócio

Por meio de uma combinação de treinamentos online e presenciais, o programa aborda conteúdos acadêmicos e de mercado para estimular o crescimento profissional, visando desenvolver os líderes do futuro e também dar oportunidade para quem está dentro de casa, através de uma cultura que abraça o desenvolvimento e a colaboração.

Um dos colaboradores que participou, hoje Líder de Desenvolvimento, foi Daniel Fernando, que graças aos aprendizados passou a aplicar uma série de conhecimentos de liderança com seu time. “Especialmente na questão de gestão e liderança de equipe, a formação me abriu um leque imenso de conhecimento. É um projeto de muita importância nesse sentido”, explica.

Paulo Nadolne, Supervisor de Produção de Biológicos, é outro colaborador que implementou mudanças significativas com seu time graças ao projeto. “A participação na Academia trouxe muito conhecimento para nós. Sou formado em Administração e estou quase concluindo o curso de Engenharia de Produção. Muitos dos conteúdos que vi em ambos os cursos são relacionados e complementares. O mais bacana de tudo isso é que a Academia sempre reuniu pessoas de diferentes áreas da empresa, envolvendo as áreas comercial, produtiva e administrativa. Quando tínhamos interações durante as aulas, percebíamos visões diferentes sobre a mesma situação e essa diversidade de perspectivas trouxe muita empatia para algumas situações do dia a dia, permitindo-nos entender melhor todos os pontos que envolvem a empresa, desde a produção até a área de qualidade e comercial”, conta.

Paulo também destaca os benefícios práticos do programa, especialmente no que diz respeito a feedback e indicadores. “Como supervisor da produção de biológicos, lidero uma equipe de 30 a 35 pessoas, e aplicar esses conhecimentos sobre como dar e receber um feedback ajudou muito na nossa interação diária. Também discutimos metas, resultados e indicadores. Na nossa planta de biológicos, temos uma política que valoriza os dados que levantamos, incentivando os operadores a gerá-los. Eles usam indicadores para investigar e rastrear desvios de processo, identificando padrões relacionados a máquinas, equipamentos ou operadores, o que tem sido muito útil na rotina. Trabalhamos com indicadores que não são apenas gerenciais, mas que ajudam diretamente a operação e as situações apresentadas na Academia nos deram insights para adaptar essas práticas à nossa realidade”.

O colaborador também ressalta a importância do projeto ao abordar temas como alta performance e liderança. “Após participar das aulas, compilei um material relacionado à nossa rotina de trabalho, mostrando aos líderes o que eu esperava deles e como poderiam manter uma equipe de alta performance por um longo período. Acredito que essa mudança cultural deve vir de cima para baixo, ou seja, precisamos ser a alta performance para inspirar essa mesma qualidade em outras pessoas. A Academia Agrocete nos ajudou a atingir nossos objetivos em relação ao desenvolvimento dos colaboradores e à melhoria dos processos, gestão e entrega de resultados”, continua.

O colaborador Kassio Leonel, Representante Técnico de Vendas

Assim, a iniciativa não apenas beneficia os colaboradores, mas também traz retornos significativos para a empresa a longo prazo, já que além de focar em projetos de liderança, envolve colaboradores de vários níveis, desde os que estão em início de carreira até os líderes com mais experiência. O colaborador Kassio Leonel, Representante Técnico de Vendas na região de Ponta Grossa, por meio dos aprendizados pôde aprimorar sua atuação na área comercial. “São aprendizados muito úteis que nos trazem capacitação tanto pessoal quanto profissional, nos auxiliando nos desafios comerciais do campo ao trazer diferenciação e embasamento e fortalecer nossos argumentos. São temas abrangentes trazidos de forma profissional, o que fazem dessa ferramenta uma importante aliada e um motivador para o alcance dos nossos objetivos”, explica.

“É muito evidente que há um sentimento de valorização e de pertencimento dos colaboradores envolvidos, pois percebem que a empresa se preocupa com eles como profissionais, fazendo uma parte importante para que seu desenvolvimento seja contínuo e incluindo-os em discussões e decisões de peso no futuro da empresa”, finaliza Priscila.

Áreas de estudo – Em sua primeira fase, o projeto envolveu um mapeamento das principais competências necessárias para o sucesso organizacional, resultando na criação de 39 temas relevantes, agrupados em 22 disciplinas. Nesse primeiro momento, participaram 140 colaboradores em 21 turmas, totalizando mais de 150 horas de treinamento. Os temas abordados incluíram estratégia e marketing, liderança, vendas e conhecimento agronômico. Já a segunda fase capacitou mais de 60 colaboradores em 13 turmas, abrangendo quase 80 horas de treinamento em temas como autoconhecimento, gestão de times de vendas e marketing digital, focando na capacitação das lideranças atuais e potenciais.

Os temas abordados pela Academia Agrocete abrangem áreas cruciais para o desenvolvimento profissional e estratégico dos colaboradores. Entre os principais tópicos estão transformação digital, propósito e engajamento ao negócio, estratégia e planejamento de marketing, e ambiente de negócios. O programa também inclui nivelamento técnico agronômico, tanto básico quanto avançado, gestão de tempo e produtividade, liderança e fundamentos da liderança, bem como comunicação eficaz.

Outros temas importantes são técnicas de negociação, gestão de equipes de alta performance, relacionamento interpessoal, técnicas de apresentação, gestão de tempo e território, e portfólio e valor do produto. Além disso, são abordados posicionamento de mercado, autoconhecimento como base para a gestão, técnicas de vendas consultivas, planejamento estratégico, gestão de projetos e gestão baseada em dados e performance.

Por fim, a Academia Agrocete também cobre gestão financeira e de negócios, visão de processos com foco no negócio, influência digital, execução comercial para insumos agrícolas, gestão de times de vendas de alta performance, gestão de relacionamento com o cliente e gestão de conflitos. Todos esses temas, em conjunto, fornecem um um desenvolvimento abrangente e relevante para os profissionais, impulsionando o crescimento da empresa.

Para mais informações, acesse: www.agrocete.com.br

Deixe seu comentario

Ultimas Noticias

Polímeros são alternativas sustentáveis e eficientes para o agronegócio
Polímeros são alternativas sustentáveis e eficientes para o agronegócio Solução que pode até substituir o aço em alguns processos da indústria ajuda também na
Categorias

Fique por dentro das novidades

Inscreva-se para receber novidades em seu Email, fique tranquilo que não enviamos spam!

Deixe seu Email para acompanhar as novidades 

Solicitar maiores informações

Preencha as informações abaixo e entre em contato com o anúnciante!